07 abril, 2007

Os 80 anos de Uderzo

Para celebrar os 80 anos de Albert Uderzo, o desenhador do pequeno gaulês Astérix, 34 artistas internacionais criaram várias histórias para o álbum «Astérix et ses amis» a editar este mês em vários países, incluindo Portugal.

A ideia de homenagear o ilustrador francês partiu da editora francesa Editions Albert René, que convidou 34 artistas para integrarem um álbum que assinalasse, a 25 de Abril, os 80 anos de Uderzo. O álbum sairá este mês em França, Bélgica, Suíça, Grécia e Portugal, onde será lançado pelas Edições Asa.

Maria José Pereira, do departamento de banda desenhada da Asa, explicou à agência Lusa que o livro incluirá 60 pranchas de BD de 34 autores de vários países, entre os quais Manara, Boucq, Zep, Graton, Juanjo Guarnido e Hervé Baruléa (Baru). A edição portuguesa, que está ainda a ser finalizada, será de três mil exemplares e deverá intitular-se «Astérix e os seus amigos». «Cada um dos autores faz uma história que homenageia Uderzo, pegando em personagens ou em toda a obra», referiu Maria José Pereira.

O livro terá um primeiro lançamento a 19 de Abril em Espanha, no âmbito do 25.º Salão Internacional de Banda Desenhada de Barcelona, onde serão expostos os originais de algumas das histórias e lançadas as versões em castelhano e catalão.

René Goscinny e Albert Uderzo revelaram pela primeira vez o universo de Astérix em 1959, há 48 anos, na história «Astérix, o Gaulês», e a parceria durou até 1977, ano da morte do argumentista.

Ao longo de quase 50 anos, foram editadas dezenas de obras centradas no pequeno gaulês, das quais se venderam no total mais de 300 milhões de exemplares em todo o mundo. As histórias estão traduzidas em mais de cem línguas e dialectos, entre os quais o mirandês.

As Edições Asa prevêem terminar em Junho a edição completa de 24 dos 33 volumes de BD de Astérix com as novas traduções, que uniformizam os textos, já que as primeiras traduções datavam de finais da década de 1950.

Segundo Maria José Pereira, a Asa prepara para o final deste ano a edição de algumas das obras de Uderzo e Goscinny em grande formato, tal como está a acontecer em França.

Este formato, maior do que o habitual nas edições de Astérix, permite, segundo a responsável, atentar na «grande qualidade dos pormenores dos desenhos». O primeiro volume, «Astérix, o Gaulês», irá sair no final do ano.

fonte: Diario Digital/Lusa

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...