29 outubro, 2008

Crónicas do 19º FIBDA (1 de 3)

Passei o 1º fim-de-semana dentro da “nave cósmica” do FIBDA. O convívio com a malta do fórum da Central Comics e sobretudo a presença de um grande número de interessantes autores nas sessões de autógrafos, marcaram desde logo o meu tempo. Queria começar por destacar nesta crónica, a polivalência do fórum Luís de Camões. É de longe, a melhor “casa” do FIBDA, entre todas as que conheci e já lá vão quatro. O espaço “transforma-se” e surpreende-nos. Gostei da “arquitectura” deste ano. Na “nave cósmica”, espaços labirínticos e salas escondidas levam-nos a viajar pelos mais variados universos, inclusive um “texiano”!!!

Nas exposições patentes no piso -1, destaco a grande qualidade visual da mostra colectiva de BD de ficção científica da China. Mas não há bela sem senão. Não obstante o excelente material exposto, a autora presente em representação deste país, mostrava-se uma óptima desenhadora de…. “pikachus”!!! Esqueçam naves espaciais, criaturas extraterrestres ou universos fantásticos, a Lu qualquer coisa brindou os mais audazes com réplicas ou primos afastados do famoso “pikachu”! Ao que parece é a mascote da próxima Expo Xangai em 2010! Eu, confesso que nem me atrevi, sinceramente prefiro os rabiscos do meu filho de 5 anos!!

Outra desilusão é a chamada exposição “Star Wars”. Uma dúzia de objectos alusivos da “Sideshow”, mais dois ou três posters da trilogia inicial e muitas, talvez demasiadas fotografias da animação “The Clone Wars”. Muito pouco, para não dizer quase nada…ups já disse! No mínimo exigia-se um figurante vestido de Darth Vader, som ambiente com “The Imperial March” e exibições contínuas dos melhores momentos das duas trilogias. Quer-me parecer que nem o Richard LeParmentier salva a “coisa”.

Gostei das pranchas na mostra do “TEX”, mas convenhamos que é muito pouco material para uma personagem que comemora o seu 60º aniversário.

Quanto aos autores estrangeiros presentes, a qualidade pairava dentro da “cabine“ de autógrafos. Liberatore e Esteban Maroto impuseram desde logo um nível bastante elevado nos desenhos. Eu como não faço a coisa por menos, saquei dois a cada, mas confesso que fiquei “rendido” ao traço fino e bem recortado da Vampirela do Maroto! E o que dizer da arte do Liberatore no álbum “Lucy”? Será que não há por aí alguém que o queira editar por cá? A dupla Pat Mills/Kevin O’Neill, o primeiro a conversar e o segundo a desenhar, mostraram estar em grande forma. Dave McKean em “visita de médico” até ao último minuto assinou livros. Eu lá consegui o meu Joker! A Tara também deu nas vistas, não só mas também pela velocidade em que despachava os autógrafos! Os autores portugueses também não tiveram “mãos a medir”. Haja mercado!

Na zona comercial bastante animação, apesar das escassas novidades! Por mais que eu tecle nesta tecla, de considerar o FIBDA como um local de eleição para o lançamento de novas obras, nada feito! Óh Polvo, como se justifica o lançamento do novo álbum de Cyril Pedrosa “Trois Ombres” para depois do FIBDA, quando o autor vai estar presente durante o festival?

Em resumo, para inicio de festa não esteve mau. Gostei dos autores e o “melhor” das exposições está guardado para uma próxima visita. Talvez já no próximo fim-de-semana!


Legenda das fotografias publicadas (de cima para baixo, da esquerda para a direita):
  1. Bongop, Verbal, Hunter, Rui Ramos, Requiem e Luís
  2. Mestre Yoda
  3. Esteban Maroto
  4. Dave Mackean
  5. Liberatore

8 comentários:

Gustavo Carreira (requiem) disse...

A propósito do "Trois Ombres" pela Polvo, recebi um e-mail de um responsável pela editora, a esclarecer que, ao contrário do anunciado no JN, nunca afirmaram que lancariam o álbum no FIBDA, embora gostassem que isso viesse fosse possível. No entanto, dificuldades técnicas a que são alheios impedirão que isso aconteça e o álbum só verá a luz do dia daqui a uns tempos.
Abraço

refemdabd disse...

Bem, como foi aqui que fiz alguns reparos ao espaço dos sucessivos FIBDA, venho aqui também dar a mão à palmatória (não batam com muita força, sff) e reconhecer, sem sombra de dúvidas, que este é o melhor espaço de sempre. Parabéns à Brandoa (e Amadora) por este espaço, jardim e parque-infantil adjacentes. Quanto ao estacionamento, fiquei sem perceber se é possível estacionar no parque subterrâneo do edificio (estacionei por cima do jardim, ao lado do centro paroquial). Gostei da foto e lembro-me de ver alguns de vocês na exposição.
Abraço.

verbal disse...

@gustavo, será sempre uma oportunidade perdida, tal como perdida estará essa edição daqui a uns tempos nas prateleiras das livrarias!

@refem, relativamente ao estacionamento no parque subterrâneo, devo dizer que em anos anteriores deu "confusão" porque andavam para lá uns "cobradores" não-oficiais da organização a pedir €2,00 à entrada sem emitir qq recibo válido. Este ano não sei como é que esta a "coisa", até porque estaciono à vontade e gratuitamente por detrás do Fórum, junto ás escolas!

Paulo Oliveira disse...

Apesar de concordar e
alguns pontos na sua crítica constructiva,permita-me discordar sobre a sua opinião acerca da exposição "STAR WARS"organizada pelo SWCP do qual eu faço parte:
Concordo que poderia ter som ambiente,coisae nós pensámos fazer mas por questões de direitos de autor da LucasFilm,etc...não nos foi possivel .Quanto ás fotos em demasia sobre "Clone wars" também acho que se podiam colocar outras
mas no pouco tempo disponivel que tivémos e das exigências quanto á qualidade e tamanho das imagens que nos foram apresentadas,foi o que se pôde arranjar.Sobre o material em exposição,queríamos e tinhamos muito mais para apresentar mas devido ao espaço e às vitrines que nos foram disponibilizadas,só foi possivel termos colocado esse material que é pertença dos nossos associados.
Quanto aos figurantes,talvez não tenha visitado o festival nos dias em quealguns membros e amigos do clube andaram pelo recinto
(no 2ºfim-semana)com costumes de personagens de STAR WARS,tais como
2 Jedis,uma guerreira Sith,algumas máscaras(Darth Vader)em que apresentámos lutas de sabres e posamos para fotos.Foram também apresentados por amigos do clube,2 robots réplicas do Yoda,fizémos palestrase até organizámos workshpos de papercrafts para as crianças.Penso que para um clube ainda jovem que irá fazer 2 anos de existência em Fevereiro,e com os poucos patrocínios que tem,atendendo ainda que os membros do clube teêm pouco tempo disponível,já que trabalham ou estudam,e que só com muito amor e sacrifício teêm conseguido obter bons resultados.Agradecemos todas as opiniões porque pensamos que nos ajudam a melhorar alguns aspectos na organização deste tipo de eventos e com os devidos apoios e mais experiência conseguiremos incentivar miúdos e graúdos no nosso país e não só,o gosto por esta maravilhosa saga que é STAR WARS!

verbal disse...

Caro Paulo,
antes de mais agradeço-lhe o seu comentário. Aproveito dizer que também sou um grande admirador das duas trilogias e talvez por isso tenha sido bastante negativo na opinião que exprimi acerca da exposição “Star Wars” do FIBDA. Confesso que tinha outras expectativas relativamente à exposição, mas claro está que critiquei aquilo que vi, numa óptica de visitante, não imaginando o trabalho e as condicionantes que referiu, que estão por detrás da organização.

No que se refere à exposição, quer-me parecer que a LucasFilms de certeza que não se importaria que durante algumas horas, num festival de BD em Portugal, tocasse os “star wars themes” num contexto de uma exposição. E convenhamos que um som ambiente desses até caia bem! Relativamente aos artigos expostos, apontava também a falta de uma mostra de comics da série “Star Wars” nas suas diferentes variantes, que já constituem uma colecção considerável, existindo mesmo algumas revistas editadas em português.

Relativamente aos figurantes, no 1º fds quando visitei o espaço não encontrei nenhum. No 2º fds cruzei-me com um Jedi e com uma Sith na zona comercial, mas não me apercebi da realização de qualquer apresentação e/ou demonstração, o que tenho pena. Mas esta falha posso talvez atribuir à organização do FIBDA, não só pela pouca divulgação que faz dos eventos como também pelos horários escolhidos que coincidem com o ponto forte do festival que são as sessões de autógrafos.

Seja como for, ficam aqui os votos de incentivo para o SWCP na difícil tarefa de educar as crianças e ensinar aos adultos a descobrirem o fantástico universo que constitui a saga “Star Wars”. Abraço.

Anónimo disse...

obrigado pelas suas palavras.Sem querer desculpar demais o nosso clube,convém acrescentar que este evento é sobre BD e como tal a nossa participação foi um pouco
"OUTSIDER" agradecendo á organização da FIBDA por esta bela oportunidade,deixo apenas um senão:
a localização do nosso stand e respectiva informação acerca da sua localização deixou um pouco a desejar...
também acho que deveríamos ter algumas BDS de SW ,até porque temos um associado que as colecciona,mas devido á falta de espaço não nos foi possivel colocar tudo o que queríamos.Acerca da musica de fundo é um ponto que teremos de retificar em futuros eventos.

celtic-warrior disse...

Alguém me pode fazer a legenda da primeira imagem? Gostava de saber quem é o Verbal pois conheço todos os que estão lá, de vista.

verbal disse...

Viva celtic, tens razão na falha das legendas das fotografias. Eu sou o segundo a contar da esquerda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...