10 junho, 2010

BDjornal #25

Parecia ter acabado, mas dezoito meses, saiu um novo número do BDjornal. É uma boa notícia. No editorial explica-se que devido às dificuldades que o projecto enfrenta, a periodicidade que era irregular, passa agora a bianual, fazendo coincidir cada nova edição com a realização dos grandes festivais de banda desenhada em Portugal, leia-se Amadora BD e o Festival de BD de Beja. Sendo a alternativa o cancelamento da publicação, parece-me uma opção aceitável, até porque pode aproveitar muito daquilo que os festivais têm para dar, um pouco à semelhança que este número já apresenta: um especial dedicado a Hermann e uma entrevista com Civitelli, dois autores presentes no VI FIBDB.

Mas neste novo número, há outros motivos de interesse. Destaco desde logo a apresentação de novos projectos de BD. O primeiro, de Hugo Teixeira, intitulado de “Mahou Express” que faz honras de capa. Visualmente, a ilustração escolhida é que não se mostrou talvez a melhor das escolhas. Em termos de cor, aquele verde amarelado (ver imagem) certamente que não traduz a intenção do autor em recriar uma floresta luxuriante. Outro projecto dado ao conhecer, através de entrevista e algumas pranchas, é o de Nelson Martins, autor que tive o prazer de conhecer em Beja, e cujo primeiro trabalho “Tout sur les célibataires” será agora lançado no mercado francês pelas Editions Joker.

Gostei igualmente do “Especial Hermann Huppe”, dedicado à obra deste grande autor belga franco-belga. Bastante completo, fazendo inclusive a correspondência para o que se encontra editado em Portugal, com a indicação da data de edição e editora. Pessoalmente gosto destes dossiers. Já anteriormente havia gostado do especial “Western na BD europeia” publicado no BDjornal #24. Outros destaques vão para Civitelli (entrevista), Fernando Bento (biografia e algumas pranchas de "Beau Geste") que foi recentemente homenageado pela CM Moura, através da publicação de um número especial dos Cadernos Moura BD e para obra “El Eternauta” de Oesterheld.

Fica então aqui o registo do regresso desta publicação, com os votos que a sua presença nos festivais de BD traga a merecida visibilidade e estabilidade para o projecto.

Boas leituras!

2 comentários:

refemdabd disse...

É uma boa notícia. Melhor do que acabar, sem dúvidas.

Manuel Frederico disse...

Nada de novo,tanto tempo e é a mesma "porcaria de sempre",não admira que aumente cada vez mais e tenha cada vez menos pontos de venda,reset precisa-se e para ontem.Ainda bem que eu abandonei este titanic jornal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...