09 maio, 2011

Um fim-de-semana de AniComics Lx 2011

Com uma boa localização, de fácil estacionamento, bem organizado e com umas instalações (Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro) que se tornaram pequenas para a grande afluência de público que visitou este festival, confesso que fiquei bem impressionado, no passado fim de semana, com este AniComics.
Pelo excelente ambiente, pela quantidade de gente mascarada de um rol de personagens que eu não faço a mínima ideia que universos é que habitam, mas que claramente se entendem entre si a avaliar pela sala cheia no auditório aquando do concurso de cosplay, que eu confesso achar piada sem entender o fascínio daquilo e, claro, pela banda desenhada.
A minha ida ao festival foi mesmo motivada pela banda desenhada. Para além da presença dos autores nacionais que colaboram com a editora Kingpin Book, gosto igualmente da vertente internacional que o Mário Freitas (director) dá ao festival. Se no ano passado estiveram presentes autores como David Lafuente, Giuseppe Camuncoli e Stefano Caselli, este ano foi a vez de Frazer Irving e Riccardo Burchielli. Depois ainda houve lançamentos e antevisões dos novos livros da Kingpin Books e pelas exposições de trabalhos de Irving (Batman), Burchielli (DMZ), Osvaldo Medina (C.A.O.S.) e Nuno Plati (Homem-Aranha).





As várias exposições ocupavam uma única sala pelo que só deu para sentir um cheirinho do trabalho destes autores. O Plati, que recentemente desenhou 8 páginas em “Amazing Spider-Man” # 657, e cujas pranchas estavam expostas, surpreendeu-me quando revelou que faz todo o seu trabalho em digital. Eu que era capaz de apostar que desenhava a lápis! A grande evolução das ferramentas gráficas deixa antever que o futuro da bd em digital está cada vez mais próximo! Gostei igualmente do desenho do italiano Burchielli.


Arte de Riccardo Burchielli

As apresentações correram muito bem e aguardo agora com alguma expectativa os trabalhos das duplas David Soares e Pedro Serpa em “O Pequeno Deus Cego” e Nuno Duarte e Joana Afonso com “O Baile”. Quanto aos lançamentos, o novo livro “Agentes do C.A.O.S. Nova Ordem” aguarda ali a vez para ser lido.




No debate moderado por Mário Freitas, que contou com a presença de Nuno Plati, Jorge Coelho, Riccardo Burchielli e Frazer Irving, este último revelou-se um excelente comunicador. E apesar de ser assumidamente fã do digital, foi no desenho a lápis que Irving (desenhador de Batman and Robin) concentrou as atenções nas duas sessões de autógrafos, onde distribuiu os mais variados Jokers para toda gente.



O resto foi amigos, muita conversa, muitas caras conhecidas, e uma agradável surpresa chamada Joana Rolo, (mais) uma excelente desenhadora a quem encomendei um Joker & Harley Quinn...


Arte de Frazer Irving ______________ Arte de Joana Rolo

Em resumo, boa onda este festival! Lisboa bem precisa de mais eventos assim!

Mais fotos podem ser vistas na página do Facebook das notas bedéfilas.

10 comentários:

RuiR disse...

Sem dúvida um fim de semana bem passado.
Muito movimento e mais uma vez as apresentações e debates a correrem com um bom ritmo e a revelarem-se muito interessantes, com o lote de artistas escolhidos a corresponderem em pleno.`
E bons troféus para os "caçadores" :-)
Abraço.

P.S. depois mando-te a conta dos direitos de utilização de imagens privadas LOL

Bongop disse...

Ainda hei-de ver-te mascarado de "Son Goku" num qualquer evento...
Ahahahahhahah
E rezar o terço em japonês!
Tás quase lá!
:D

Abraço

Diabba disse...

Hummm sou mesmo desatenta, eu juraria que não vi lá nenhuma púbico (pêlo??). Cum catano, deves ter mira microscópica!! hihihihi
De resto, tal como tu, gostei de tudo, foi divertido, excepto na parte de não gostarem da minha linda máquina fotográfica.
E já li o CAOS, aliás, li-o lá.

beijo d'enxofre

Bongop disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bongop disse...

Diabba
És muito mais atenta que eu e que o Verbal! Não reparei nos "púbicos"!
:D

Diabba disse...

Isso é porque és muito moderno, e sabes da existência das estéticistas brasileiras... hihihihi e achas que já não há disso. Mas há, o Verbal viu um!!

]:-D

Bongop disse...

Bem... eu também não ando a olhar para as partes púbicas do pessoal!!!
:|
:P

verbal disse...

eheheh... seus catas piolhos!!! e por falar nisso vou despedir o tarado do revisor do winword :)

@bongop, quem é o son goku? ahahahah

@rui, a prancha é magnifica! pago-te umas bejecas em Beja a titulo de direitos de autor! :)

Bongop disse...

Cata-piolhos?? Eu???
Ora tu é que vês os "púbicos" ao pessoal e chamas-nos cata-piolhos???
:D

João Amaral disse...

Boa reportagem. Aqueles que, como eu, não tiveram oportunidade de lá estar ficam assim com uma ideia do que foi esse fim-de-semana. Um abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...