10 agosto, 2014

A 1ª Mostra do Clube Tex Portugal traz Pasquale Del Vecchio

O CLUBE TEX  PORTUGAL, fundado faz hoje um ano, apresenta como missão exclusiva a divulgação do popular cowboy Tex Willer  por terras lusas. E na sequência dos sinais de grande dinamismo avança agora para aquela que é a sua 1ª grande organização.

Trata-se de uma iniciativa dedicada aos fãs e colecionadores portugueses, que visa um maior convívio não somente entre os admiradores do Ranger, mas também, entre outras coisas, proporcionar a vinda a Portugal e consequente convívio com autores de Tex que se mostrem disponíveis para se deslocarem ao nosso país.

A decorrer em plena capital da Bairrada, na Anadia, no Museu Vinho da Bairrada, a 1º Mostra do Clube Tex Portugal apresenta uma exposição com cerca de duas dezenas de pranchas da autoria do italiano Pasquale Del Vecchio, do seu (ainda inédito com publicação prevista para 2015) Color Tex.

O autor que já confirmou a presença, junta assim o seu nome a uma galeria de grandes desenhadores do Tex que já passaram por Portugal:  Fabio Civitelli por 5 vezes (2007 em Moura, 2008 na Amadora, 2010 em Beja, 2011 em Viseu e 2012 no Porto), Marco Bianchini (Amadora 2008) e Andrea Venturi (2013 em Viseu), não esquecendo também a presença de Ivo Milazzo em 2011 no Festival de Beja.

Pasquale Del Vecchio como forma de agradecimento por este convite português fez uma magnífica ilustração de Tex em Anadia, mais em concreto em frente à Câmara Municipal. Os apreciadores de banda desenhada presentes nos dias 15, 16 e/ou 17 de Agosto, na capital bairradina, receberão uma cópia de alta qualidade (em formato A4) do magnífico desenho que comprovará esta passagem de Tex por Anadia, devidamente autografado por Pasquale Del Vecchio, já que a Direção do Clube Tex Portugal deseja oferecer uma recordação especial a quem prestigiar o evento marcando presença na bela cidade capital do leitão assado e do espumante.

Mais informações podem ser consultadas no blogue Tex Willer blog
 

Sobre Pasquale Del Vecchio

Nascido em Manfredonia, na província de Foggia, em 17 de Março de 1965 e diplomado em Arquitetura em 1992, Pasquale Del Vecchio mudou-se para Milão em 1985, onde começou a dar os seus primeiros passos no mundo do desenho profissional, levado pela paixão que dedicava aos quadradinhos desde pequeno, quando começou as suas leituras com Tex, Zagor (a primeira paixão) e Tarzan e, mais tarde, Mister No, Ken Parker e Dylan Dog.

Fez algumas histórias curtas para uma revista chamada 1984, além de colaborar com Il Giornalino – revista italiana histórica – e com outras publicações. No início da década de 1990 Pasquale colaborava com uma equipa terceirizada que produzia a série Zona X, para a Sergio Bonelli Editore, quando Gino D’Antonio apresentou-o a Reinato Queirolo, então supervisor da série Nick Raider, da SBE. E em Julho de 1993 foi às bancas da Velha Bota o seu primeiro trabalho com o investigador nova-iorquino – que também é conhecido como o “Tex de Nova York” – cujo guião havia sido escrito pelo próprio Gino D’Antonio.

Depois de ilustrar quatro aventuras de Nick Raider (a última com guião de Gianfranco ‘Mágico Vento’ Manfredi), Pasquale passou para o staff de Napoleone, série criada por Carlo Ambrosini que, no projeto original, deveria ser a primeira minissérie bonelliana, prevista para durar oito números. Só que as aventuras do detetive, dono de hotel e entomologista de Genebra (Suíça) superaram as expectativas e, de 1997 a 2006, foram 54 edições bimestrais, das quais doze desenhadas por Pasquale.

Convidado a integrar a equipa de Tex, no início Del Vecchio sentiu-se um pouco “desambientado”, pois as histórias que ele havia feito até então tinham ambientação eminentemente metropolitana, e agora tinha que desenhar o Velho Oeste. Leitor de Tex desde pequeno, tomou como referências Giovanni Ticci e Claudio Vilia, assistiu a um monte de filmes de faroeste, empunhou lápis e pincel e… realizou um sonho, tornando-se hoje um dos mais apreciados desenhadores de Tex!


2 comentários:

José Carlos Francisco disse...

Que belo presente de aniversário, Nuno. Muito obrigado pela excelente divulgação ao evento bairradino e aqui te espero, em Anadia, no próximo fim de semana ;-)

Nuno Neves disse...

Olá José Carlos! O presente de aniversário é o clube do TEX que oferece aos seus fans com esta mostra. Não consigo estar presente, mas ficam os votos de maiores sucessos e de futuras iniciativas. Abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...