02 outubro, 2014

O festival celebra os 25 anos do AmadoraBD

Seguindo à risca o dito popular "mais vale tarde do que nunca" e honrando uma quase tradição do festival, o AmadoraBD, a pouco mais de três semanas do seu inicio, começou agora a revelar detalhes sobre a edição deste ano.

Depois da divulgação do cartaz do festival, da autoria de Joana Afonso, sabe-se agora que a 25ª edição não terá um tema especifico, sendo aproveitada para "fazer uma reflexão sobre o momento que o universo da Banda Desenhada atravessa"(!)  seja lá o que fôr que isso signifique.

Foi igualmente tornado público o regulamentos dos concursos de Banda Desenhada e Cartoon. Com o tema ambíguo de "Diversidade Cultural" e uma data de entrega limite de 17 de Outubro próximo. Recomenda-se uma rápida leitura do regulamento (aqui) para não se perder tempo. São cerca de 15 dias para se produzir 4 pranchas originais inéditas.

As condições de participação (aqui) nos Prémios Nacionais de Banda Desenhada (PNBD) também não mudaram e ainda que não seja condição obrigatória mantêm-se a solicitação de envio de seis (6) exemplares para o júri. Dizem que é determinante que estes conheçam as obras. Mais uma vez espera-se uma elevada adesão à não participação por parte de muitas das editoras nacionais.


O sítio oficial do festival (aqui) foi já renovado, e apresenta o seguinte texto de apresentação da edição deste ano:

"O AmadoraBD completa este ano a sua 25ª edição.

25 Anos de banda desenhada, de ilustração, de cartoon e de cinema de animação
25 Anos de artistas nacionais e internacionais
25 Anos de autógrafos, debates e encontros
25 Anos de exposições, instalações e performances
25 Anos de livros, jornais e revistas
25 Anos de colaborações, amizades e cumplicidades em todo o mundo
25 Anos de criação, de ideias, de vontades
25 Anos de propostas e projetos, de construção, de saber fazer e de fazer crescer

O Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora foi criado em Novembro de 1990, quando uma mão cheia de vontade, determinação e situações felizes contribuíram para que a primeira edição fosse o começo de uma grande aposta nesta aventura.

O estatuto alcançado pelo Festival ao longo destes 25 anos fez-se à custa de avultados investimentos da Câmara Municipal da Amadora, a que não foram alheios um enorme esforço, muita carolice e dedicação por parte, não só da equipa do Festival, mas também dos autores e seus familiares, grupos de amigos e investigadores que, com a sua disponibilidade e generosidade, fizeram a iniciativa que hoje se conhece.

Se outros motivos não existissem estes números redondos serviriam apenas para assinalar a passagem de mais um ano de trabalho, de mais uma edição mas, esta longevidade é, certamente, um bom indicador do potencial de desenvolvimento que este projeto possui e da oportunidade que ele oferece à banda desenhada nacional para, em torno dele, refundar uma imagem própria, qualificada e inovadora, no contexto nacional e internacional."

Fica agora só a faltar a informação sobre as várias exposições, os nomes dos autores nacionais e estrangeiros convidados, os lançamentos, apresentações, debates e as sessões de autógrafos.... basicamente é só o programa do festival. Mas ainda vamos a tempo.

Faltam ainda 22 dias.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...