09 abril, 2015

Colecção Novela Gráfica: #7 O Livro do Mr. Natural


Seguramente uma das mais-valias da inesperada colecção Novela Gráfica em curso é a publicação de obras e autores para os quais nenhuma editora portuguesa se tinha atrevido a publicar. O volume 7 desta colecção é um claro exemplo disso. Robert Crumb considerado um nome maior da banda desenhada alternativa americana foi hoje publicado pela primeira vez em Portugal. E assim apresenta-se O Livro de Mr. Natural.

Colecção Novela Gráfica #7 - O LIVRO DE MR. NATURAL - Robert Crumb
(Formato 21 x 27cm, capa dura, 128 pgs, preto e branco)

O Mr. Natural foi uma das primeiras personagens recorrentes que Crumb criou, e uma das mais... "mistificantes"! Mas quem é o Mr. Natural? Guru místico que renunciou ao mundo moderno e artificial, charlatão que explora a ingenuidade dos seus seguidores, ou sábio com poderes paranormais, uma honestidade desarmante e... uma paixão pela mulheres? Com esta personagem, Crumb vai satirizar de modo feroz, quer a contra-cultura dos anos 1960, quer a modernidade consumista e superficial.

Nesta antologia do célebre guru, os leitores portugueses poderão descobrir algumas das mais icónicas histórias da personagem, publicadas em várias épocas. Entre elas, podemos assinalar algumas que são particularmente relevantes. Assim, "Mr. Natural encontra-se com Deus" (e a sua segunda parte, "Mr. Natural leva um pontapé no cu"!), em que é expulso do Céu (e perseguido por Deus depois) por dizer que "o Céu é piroso" é uma das mais conhecidas e divertidas histórias do místico maluco. Poderemos também ler a "Origem do Mr. Natural", perdão, de Fred Natural, uma divertida biografia que Crumb escreveu para o número 1 da revista Mr. Natural. Chamamos a atenção também para uma das mais escandalosas (e controversas) histórias que Crumb escreveu, a que envolve Mr. Natural com a famosa Big Baby, a Bebé Grande, que prova que mesmo os gurus mais adoráveis podem ser ambíguos e complexos, sobretudo quando expressam as divagações e repressões do seu autor.

Robert Crumb é um dos maiores nomes da banda desenhada americana, e um pioneiro do movimento dos comics alternativos e "underground". Alternativos por serem diferentes das revistas das editoras que dominavam o panorama dos comics de então, quase exclusivamente dedicadas aos super-heróis, e muitas vezes mesmo por serem auto-publicados. E "underground" pela escolha dos seus temas, muitas vezes subversivos e chocantes para a América da época, frequentemente criados sob a influência do LSD, e que obrigavam a que estas revistas fossem distribuídas por vezes de modo clandestino. Criador de personagens tão icónicas como Fritz the Cat ou Mr. Natural, Robert Crumb foi distinguido em 1999 com o Grande Prémio do Festival de Angoulême, e continua a ser um dos artistas de banda desenhada mais controversos da actualidade.





Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...