03 outubro, 2016

Lançamento G.FLOY: Miracleman (Edição Integral)


O presente ano ficará sem dúvida na historia da edição de banda desenhada em Portugal. Diria que é um ano excepcional. E não me refiro em termos de quantidade de lançamentos, que também roça a excelência, mas antes à qualidade das obras. Praticamente todos os grandes clássicos da banda desenhada, aqueles que quase unanimemente tem lugar reservado em todas as listas que se possam fazer de leitura obrigatória, foram/vão ser publicados por cá. E adicionalmente este ano é definitivamente o Ano ALAN MOORE em Portugal.

Deste autor tivemos já duas obras-primas: V de Vingança (Colecção Novela Gráfica II, #1, Levoir, 2016), Watchmen (Levoir, 2016) a que se soma A Liga dos Cavalheiros Extraordinários Vol. 3 - Século (Devir, 2016). Segue-se agora MIRACLEMAN numa edição integral.

A editora G. Floy orgulha-se de apresentar aos leitores portugueses a primeira edição integral mundial de uma das obras-primas esquecidas da banda desenhada de super-heróis, e uma das mais influentes de sempre.

Miracleman foi o primeiro de uma série de obras “revisionistas” que puseram em questão todos os clichés e características das histórias de super-heróis. Foi só na sequência de Miracleman, que O Regresso do Cavaleiro das Trevas, Watchmen, ou histórias como Batman Ano Um ou Piada Mortal, escritas por autores inovadores como Frank Miller ou Alan Moore, estabeleceram o cânone deste revisionismo, que aplicava a psicologia real ao universo dos super-heróis, com resultados nem sempre agradáveis, que iam da violência excessiva, da subversão social e política à psicose e sociopatia. Mas até nisso Miracleman foi revolucionário, e abriu caminho a um novo entendimento do género super-heróico, com as suas raízes no mito e na lenda. De certo modo, Miracleman pode ser visto como uma exploração daquilo que pode acontecer num mundo povoado de super-heróis, se levarmos até às últimas consequências a sua existência. Onde é que tudo pode acabar? O que pode sair dali?

Esta é a primeira edição mundial de Miracleman: Integral, da fase do Escritor Original, que abre caminho para os posteriores volumes escritos por Neil Gaiman (a lançar pela G. Floy em 2017).

MIRACLEMAN: EDIÇÃO INTEGRAL
Começando com as origens obscuras de um super-herói dos anos 50, o Escritor Original, com a ajuda de uma mão-cheia dos maiores artistas de comics de sempre, escreveu uma das mais tremendas sagas de super-heróis de sempre. Depois do seu primeiro confronto com o super-vilão que viria a ser a sua némesis, Miracleman irá partir em busca do segredo das suas origens, enquanto o Escritor original irá levar o arquétipo intemporal do super-herói até às suas últimas consequências e à sua visão tremenda de um futuro utópico. O resultado foi uma obra-prima da banda desenhada, a primeira grande história de super-heróis “realista”, que ajudou a redefinir todas as regras do género.

Esta edição inclui os volumes originais A Dream of Flying, The Red King Syndrome e Olympus, bem como todas as histórias curtas da fase do Escritor Original, e ainda uma extensa galeria de capas originais e alternativas, desde capas das revistas dos anos 80 até capas alternativas das recentes edições da Marvel, por artistas como Joe Quesada, Alan Davis, Bill Sienkiewicz, Gabrielle Dell'Otto, Tim Sale e muitos mais!

Ficha técnica:
MIRACLEMAN: EDIÇÃO INTEGRAL
Argumento de Alan Moore e arte de Garry Leach, Alan Davis, John Ridgway, Chuck Austen, Rick Veitch, John Totleben, com Don Lawrence, Steve Dillon, Paul Neary e Rick Bryant
Capa dura, 384 pgs. a cores.
ISBN: 978-84-16510-15-3
PVP: 25€
Editora G.FLOY






5 comentários:

Eskorpiao77 disse...

Mais uma obra prima da BD. Fantastico lançamento da G Floy e muito inteligente por se conseguir antecipar à própria Marvel ao lançar uma edição integral da fase Alan Moore em capa dura. Parabens. O unico (muito pequeno) senão é a divulgação daquela pagina 308. Eu sei que estamos a falar de uma obra com mais de 30 anos mas mesmo assim não deixa de ser um ''major spoiler'' :)

Nuno Neves disse...

Viva Eskorpiao77, confesso que não conheço esta obra, pelo que nem vou ver a página 308. :)

A G.Floy foi das melhores coisas que aconteceu à BD em Portugal. Notável mesmo a edição integral deste Miracleman e muito bom o anuncio da publicação da fase do Neil Gaiman. Abraço

diogosr1 disse...

Concordo! A GFloy trouxe-nos do melhor que se tem feito de banda desenhada e percebe-se pelos publicações no FB há planos para mais e mais. A Levoir nem tenho palavras. Colocou-me a ler herois em colants e que grandes obras já li! Respect! E depois não contentes, espetam-com com 2 coleções de novelas graficas! Nao se faz!!! Cada livro que termino faz-me sonhar e ler mais e procurar mais! Que vicio!! E nao contentes, eis o Sandman, em português. Ora porra :)

Tarr disse...

Esta á venda? Em que superfícies?

Nuno Neves disse...

Viva Tarr! Eu já encontrei na FNAC. Abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...