13 outubro, 2016

O 27º Amadora BD já tem cartaz oficial

Marco Mendes assina o cartaz que inspira o tema da exposição central do festival: "O Espaço e o Tempo"


A bela ilustração original que serviu de base ao cartaz (acrílico s/ tela, 60x70cm)


6 comentários:

Luis disse...

E lá estás tu com a atitude positiva do "já". Tens que te deixar disso :-)

"já" tem cartaz?!? Falta uma semana!!

E nem há lista de autores.
Se vier algum de quem se queira comprar um livro, ou bem que está disponível em loja ou, se não estiver, nem sequer dá tempo de encomendar.

enfim, haja saúde.

abraço

Luis

António C. disse...

Bela pintura mas gráficamente pobre. É pena a forma como a organização tem desinvestido nos materiais de promoção e na imagem do festival. Não haver imagem nem programa a 1 semana do evento é, no mínimo, confrangedor.Portugal está precisar de um novo festival de BD com outras ambições... digo eu.

Antonio C.

Nuno Neves disse...

Viva Luís! Os problemas crónicos do festival já fazem parte da própria cultura do festival. Não seria a mesma coisa se fizessem agora diferente. Chama-se de festival-surpresa. Não se revela nada antecipadamente. Sobre os autores, este ano não vai existir esse problema com a falta de livros, porque os nomes já conhecidos são de autores com obra acabada de publicar por cá. Ainda ontem anunciei mais dois, autores da bd Democracia. Junta-se o Sandoval, o Quintanilha, o Altarriba mais o Kim. Longe vão os tempos em que os convidados não tinham qualquer livro por vá editado. Abraço e até daqui a uma semana :)

Nuno Neves disse...

Viva António! A falta de divulgação antecipada dos principais factores de interesse do festival é uma maiores falhas da organização do Amadora BD. Sabendo que os seus responsáveis até visitam festivais estrangeiros, nomeadamente Angouleme, confesso não perceber como não aprendem nada!!!! E mais, como é possivel, ano após ano, manterem-se indiferentes às criticas construtiva que são apontadas. E como diz, falta ambição. Falta muito. Abraço

O Estranho disse...

Não é mais do que o síndrome do "feudozinho": é certo, está garantido, para quê esforçarem-se mais ou melhorar??? Venha Beja (cada vez melhor!), venham alternativas/concorrência, a ver se não muda o disco. O que ninguém é suficientemente politicamente incorrecto para dizer e que deve ser dito é que aparenta estar entregue a um lobbyzito de pseudo-intelectualoides partidários...

O Estranho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...