21 dezembro, 2011

O Ano da Devir


Não podia deixar fechar o ano sem falar aqui da Devir Portugal. Como editora de banda desenhada teve grande actividade no mercado português entre 2000 e 2005, onde publicava com sucesso o universo de José Carlos Fernandes, títulos irregulares do universo Marvel e alguns clássicos da DC. Entrou depois entrou numa espiral de publicações desinteressantes e inconsequentes, até que em 2006 num processo chamado de “evolução”, acabou por traduzir-se no cancelamento de todas as publicações. Um atravessia do deserto e em  2009 surge publicado na internet um (suposto?) plano editorial da editora para esse ano:

- Black Box Stories Vol. 2 de José Carlos Fernandes e Roberto Gomes
- Sin City Vol. 5 - Valores Familiares de Frank Miller
- Walking Dead Vol. 1 de Robert Kirkman
- Sin City Vol. 6 - Gajas, Copos e Balas de Frank Miller
- Blankets de Craig Thompson
- Agência de Viagens Lemming de José Carlos Fernandes
- Sin City Vol. 7 - Inferno, Ida e Volta de Frank Miller

Depressa se verificou que tudo não passou de boas intenções e o assunto ficou esquecido. Chegamos a 2010 e uma (r)evolução finalmente acontece: com uma nova equipa editorial, saem para as bancas Sin City 5 - Valores Familiares e Walking Dead Vol. 1. Começa 2011 e logo em Janeiro temos Sin City Vol. 6 - Gajas, Copos e Balas. Segue-se Wolverine Inimigo do Estado Vol. 1. Neste último trimestre soma-se-lhe o Wolverine Inimigo do Estado Vol. 2 e Walking Dead Vol. 2.























E quando pouco mais se esperava, a Devir surpreende e fecha o ano em grande, brindando o público bedéfilo português com Blankets de Craig Thompson.

E para melhor apresentação desta obra, talvez seja melhor listar os prémios que venceu:

- Eisner Award for Best Graphic Album (2004)
- Eisner Award for Best Writer/Artist (2004)
- Harvey Award for Best Artist (2004)
- Harvey Award for Best Cartoonist (2004)
- Harvey Award for Best Graphic - Album of Original Work (2004)
- Ignatz Award for Outstanding Artist (2004)
- Ignatz Award for Outstanding Graphic Novel or Collection (2004)
- ACBD - Grand Prix de la Critique (2005)
- incluído na lista "10 All-Time Graphic Novels" da revista ‘Time’


Temos assim uma editora activa, com aposta em séries e álbuns de qualidade, que recupera o 2º lugar das editoras portuguesas de banda desenhada. E olhando para o plano editorial de 2009, se excepcionarmos JCF porque motivos que agora não adianta falar, verificamos que dos cinco títulos anunciados, quatro já estão publicados.

- Sin City Vol. 5 - Valores Familiares de Frank Miller - PUBLICADO
- Walking Dead Vol. 1 de Robert Kirkman - PUBLICADO
- Sin City Vol. 6 - Gajas, Copos e Balas de Frank Miller - PUBLICADO
- Blankets de Craig Thompson - PUBLICADO

E qual Fenix renascida das cinzas, com alguns dos melhores títulos do ano, podemos agora dizer que a Devir Portugal está de volta! Felizmente!

9 comentários:

Bongop disse...

Bem... Não acho que seja o ano da Devir! Com 5 livros editados não pode ser "O Ano" de nenhuma editora.
Mas espero que retomem a edição e façam sentir confiança aos leitores para que o público comprador inicie também a compra de livros desta editora. Conseguiram este ano não deixar os leitores pendurados com o Wolverine, o que é de aplaudir, e editaram um enorme clássico da BD mundial Blankets! Isso foi muito bom!
Quanto ao Walking Dead tenho as minhas reservas... mas não estou preocupado porque posso sempre completar a minha colecção com os importados, que são exactamente iguais! Aliás Walking Dead não pode ser editado como estão a fazer agora... 1 livro de cada vez que sai uma série de TV! Assim só daqui a 15 anos é que chegamos ao nº15!
:D
Bien... espero que vão aumentando aos poucos e poucos o nº de livros anuais, era bom para todos!

Abraço

Lucaimura disse...

Ora aí está uma boa notícia!! Concordo com o Bongop quando diz que cinco livros não fazem um bom ano... mas é um começo.
Vamos ver o que se vai passar em 2012.

Um abraço Nuno e um Feliz Natal.

RuiR disse...

:-)
Isto parece a teoria do copo meio cheio ou meio vazio.
Para mim está meio cheio. Para quem não editava nada, editar cinco livros, parece-me uma boa iniciativa. Não se esqueçam que nem sempre quantidade é qualidade e neste caso creio que concordamos que a qualidade foi boa, diria mais, excelente no caso do Blankets. Mesmo dando os devidos descontos aos galardões, a lista de prémios é impressionante.
Estou muito "contentinho" pois já lá tenho a minha cópia :-)
Os meus parabéns para a Devir.

RuiR disse...

Verbal,
Parece que estamos em sintonia :-)
Ontem estive a reorganizar parte das minhas estantes e calhou precisamente arranjar uma nova prateleira para os meus livros da Devir.
Foi um enorme prazer verificar os excelentes livros que a Devir já editou e como cereja no cima do bolo, ter uma boa série deles autografados, por nomes como Carlos Ezquerra, Amanda Conner (excelente Vampirella), Jimmy Palmioti, Varanda, J.C. Fernandes e mais alguns.
Foi bom para me alhear um bocado deste negativismo todo que anda no ar.

Boas Festas.
Abraço

letré disse...

sou daqueles que acham que é uma boa surpresa, em momentos de grandes dificuldades nacionais e e internacionais, a Devir ter sido capaz de dar esses passos e publicar os livros que publicou. E na verdade devagarinho o Sin City está quase concluído e tudo indica que se vai mesmo concluir. Se fosse só por isso já daria os parabéns. Mas este final de ano trouxe-nos uma belas surpresas e claro o "Blankets" é a sua melhor...que bela edição.....
por isso mesmo que não dê em nada este impulso..porque não depende só da Editora, como todos sabemos....ter o Sin City completo e o Blankets.......bom....já me faz bastante feliz.... Por isso....parabéns e obrigado...que belas prendas de Natal.....

pco69 disse...

Estou a ler o Habibi (em inglês) e já adquiri o Blankets em português. Mas não tou a ver um livro de mais de 30 euros a ter uma grande saída...
Dou os parabéns à editora pela corage de o editar...

verbal disse...

@Amigos Bongop e Lucaimura vocês vêm o copo meio vazio, eu vejo meio cheio. Acham curto a edição de 5 livros num ano, bem eu olho e vejo mais de 1.100, repito 1.100 pranchas de banda desenhada publicadas num ano! Para uma editora que tinha largado a BD e tendo em conta o actual contexto económico que Portugal se encontra, se um começo assim não marca o ano, então a vossa fasquia deve ser mesmo muito elevada. Abraço

@Amigo Rui na “mouche” com a teoria do copo meio/meio vazio! E a Devir pelo passado, pelo presente e esperemos que pelo futuro já fazia falta! Abraço

@Amigo letré, a Devir é uma daquelas surpresas muito boas, pela diversidade que oferece e o ano de 2011 é um bom exemplo. Cheira-me que o Sin City 7 deve sair nos inícios do próximo ano! Abraço

@Amigo pco69, para quem gosta realmente de boas obras a edição da Devir vale o preço. Para aqueles mais economistas podem sempre pensar que são cerca de 30 euros por 600 página de boa banda desenhada! Acredito que tenha boa saída! Quanto ao Habibi só tenho visto óptimas referências. Está debaixo de olho. Boa Leitura! Abraço

Optimus Prime disse...

Eu também acho muito curto,mas podiam e deviam ter feito melhor trabalho nos Wolverines o 1 volume é vergonhoso graficamente porcamente traduzido.por Exemplo,felizmente a eles estou imunizado e fica bem ridículo esse chamada em Português nas bancas,será que as outras revistas e bds de outras editoras não estão escritas em Português lolo

Bongop disse...

Verbal
Para mim copo meio vazio, ou copo meio cheio, só de cerveja!
:P
Claro que eu gosto que a Devir edite, e quanto mais melhor.
Aliás editaram grandes livros neste últimos anos! Estou a referir-me especificamente a Sin City e Blankets. Foi excelente!
Apenas não concordei com "O Ano Da Devir"... inclusivamente eles já tiveram anos que foram MESMO "O Ano da Devir".
Sou um optimista, e como tal espero que tenham um crescimento sustentado que lhes permita todos os anos editarem sempre um pouco mais e se possível, melhor!
;)

Abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...