17 abril, 2021

Lançamento A SEITA: Procura-se Lucky Luke

 
E não deve existir melhor mês este ano do que este mês de Abril no que aos belos lançamentos de BD em Portugal diz respeito. A nota de hoje é para este novo Lucky Luke de Matthieu Bonhomme, que depois de ter dado tão boa conta tão boa conta no magnifico e recomendado «O Homem que matou Lucky Luke» regressa de novo ao eterno cowboy de Morris, para nosso contentamento.

Neste novo «Procura-se Lucky Luke» veremos o regresso de um conjunto de vilões e adversários clássicos do nosso herói, a par de um grupo de três belas mulheres (estas criação de Bonhomme), cuja paixão por Lucky Luke vem dar um duplo sentido ao título original deste livro, Wanted, que aqui tanto pode significar procurado como desejado, e que talvez ponham em causa a sua reputação de “cowboy solitário”! 
 
PROCURA-SE LUCKY LUKE
«NO JOGO DO AMOR É CADA UMA POR SI E À PRIMEIRA QUE O BEIJAR»
Cobiçado por três belas mulheres, com a cabeça a prémio e perseguido por um bando de guerreiros Apache, como é que o nosso cowboy preferido se vai conseguir safar desta situação?
 
Esta edição d’A Seita excede a edição original francesa, acrescentando um extenso caderno de extras que inclui uma entrevista ao autor e inúmeros esboços e estudos (que, no mercado francês, apenas são apresentados na edição de luxo), bem como um artigo inédito de João Miguel Lameiras, e que está disponível em duas capas, uma para a edição regular (capa vermelha na imagem da esquerda) e a outra exclusiva da FNAC (capa azul na imagem da direita), à semelhança do que já tinha acontecido com o anterior álbum. Disponível a partir deste fim-de-semana nas livrarias.
 
Ficha técnica:
Procura-se Lucky Luke
Arte e argumento de MATTHIEU BONHOMME
Capa dura, formato 23x32 cm, cores, 80 págs.
ISBN 978-989-54880-6-3 (capa normal)
ISBN 978-989-54880-7-0 (capa exclusiva FNAC)
PVP: 16,95€
Editora A SEITA

16 abril, 2021

Lançamento DEVIR: One-Punch Man - Volume 12

Hoje trago aqui o primeiro de três lançamentos de mangá que a editora DEVIR preparou para o mês de Abril.

«One-Punch Man» é uma série cuja publicação por cá se inciou em 2017, e que chega agora ao seu 12º volume. Já nas livrarias.
 
ONE-PUNCH MAN 12
Durante o torneio de artes marciais, um grande número de monstros testa os limites dos heróis que defendem a cidade Z! Inconsciente do que se passa fora do estádio, Saitama prepara-se para a partida contra Bakuzan! 
 
Ficha técnica:
ONE-PUNCH MAN - volume 12
De One e Yusuke Murata
Capa mole, dimensões 12,6x19 cm, p/b, 212 pags.
ISBN 9789895594733
PVP: € 9,99
Edição DEVIR

15 abril, 2021

Colecção «Peter Pan» - Livro 1: Londres

Sai hoje para as bancas em distribuição com o jornal Público, o primeiro álbum (de seis) que compõem a Coleçcão Peter Pan numa edição da ASA.

Este Peter de Loisel é uma adaptação negra e livre das personagens da clássica história escrita por James Matthew Barrie e publicada em livro em 1911. Peter é aqui um menino nascido na miséria e na violência dos bairros londrinos do século passado, e que descobre na leitura de epopeias fantásticas um mundo paralelo ao dos homens, mas que não é menos perturbante.

Londres, Inverno de 1887. Peter é uma criança e, como tantas outras naquela cidade, vive na miséria. Porém, tem o dom de contar histórias fantásticas aos seus companheiros, conseguindo assim trazer um pouco de luz e de sonho às suas vidas sombrias. Inventa também uma mãe afectuosa e elegante, em contraste com a sua que, consumida pelo álcool, há muito deixou de lhe proporcionar qualquer tipo de sustento e muito menos de carinho. Na verdade, Peter tem a sorte de conhecer o senhor Kundal, um velho médico que decide protegê-lo e ajudá-lo, dando-lhe não só de comer, mas encarregando-se igualmente da sua educação: ensina-o a ler, escrever e contar, iniciando o jovem indigente no apaixonante mundo das histórias e das lendas. Um dia, Kundal conta a Peter que conheceu o pai dele e entrega-lhe um livro sobre mitologia grega que lhe tinha pertencido, o único legado de um pai desaparecido. Depois de uma discussão violenta com a mãe, Peter refugia-se no velho porto e começa a ler o livro do seu pai.
 
Ficha técnica:
LONDRES - Volume 1 (de 6) da Colecção «Peter Pan»
Argumento e desenho de Loisel
Capa dura, cores, 56 pags.
PVP: € 10,90
Editora ASA 

14 abril, 2021

Lançamento G.FLOY: CRIMINAL - Livro Quatro

A partir de hoje nas bancas encontramos a primeira das duas novidades que a editora G.Floy preparou para o corrente mês. Trata-se do 4º volume da colecção «CRIMINAL» dos nossos já conhecidos Ed Brubaker e Sean Phillips. Trata-se de um volume duplo que reúne os originais Wrong Time, Wrong Place e Bad Weekend.
 
Teeg Lawless é uma das personagens mais imorais e violentas deste universo criminoso e regressa em duas histórias que nos transportam para questões como as expectativas - as de um filho para com o pai ou um criminoso para os chefes - neste quarto volume de CRIMINAL, que abre sob o signo... da banda desenhada, apenas para fechar com uma convenção de comics!
 
Em ALTURA ERRADA, Teeg está na prisão, em 1976, preso por um pequeno delito, e não por um dos seus crimes a que foi condenado, mas alguém pagou para ele ser assassinado, e um mês transforma-se numa luta pela sobrevivência. 
 
Em LUGAR ERRADO, viajamos até ao ano de 1972, quando Teeg leva o seu filho de doze anos, Tracy, numa road trip de vingança e morte que o marcará para sempre.
 
Finalmente, saltamos para os anos 90 e reencontramos Jacob, o cartunista e criador de Frank Kafta. Ele vai ter de acompanhar o seu ídolo, o lendário artista Hal Crane, num FIM-DESEMANA MAU, durante uma convenção de comics, apenas para descobrir que dois dias são suficientes para uma aspiral de assaltos, roubo e falsificação.
 
Ficha técnica:
CRIMINAL, Livro Quatro: Altura Errada / Lugar Errado / Fim-de-Semana Mau
De Ed Brubaker e Sean Phillips
Formato deluxe (18 x 27,5), capa dura, 176 pgs. a cores.
ISBN: 978-83-66589-35-3
PVP: €20
Edição G.FLOY Portugal

12 abril, 2021

Colecção Integral Astérix Salvat: Vol. 34 - O Domínio dos Deuses

Esta semana nas bancas temos «O Domínio dos Deuses», o 34º álbum da Colecção «Astérix Integral» que a editora SALVAT tem vindo a publicar. Os gauleses não facilitam e César está pelos cabelos com essa aldeia gaulesa que lhe resiste agora e sempre! E visto que estes guerreiros impenitentes recusam submeter-se à civilização romana, é ela que irá impor-se a eles… a bem ou a mal! É com este objetivo que o arquiteto Ângulorasus é incumbido de construir à volta da aldeia gaulesa uma nova cidade romana, «O Domínio dos Deuses». Isolando os Gauleses, irá obrigá-los a integrar-se, ou a desaparecer. Mas será que os habitantes da cidade vão apreciar a vizinhança da «Aldeia dos Loucos»? Aventura criada por Uderzo e Goscinny. 
 

10 abril, 2021

Leituras de hoje!

Recebi ontem o meu exemplar da edição portuguesa de «O Burlão nas Índias» pela Ala dos Livros. Logo a abrir, e a primeira impressão que fico é que estou perante de uma edição irrepreensível. Pegando, sinto literalmente o peso da história contada ao longo de 160 páginas. A obra apresenta-se num formato franco-belga de 255x340, numas dimensões bastante generosas, mas muito pouco habituais por cá. Folheando algumas páginas, num papel de óptima gramagem, e o expressivo desenho e a maravilhosa palete de cores de Juanjo Guarnido, não me deixam indiferente. Estão reunidas todas as condições para uma excelente hora de leitura hoje à tarde.
 
Na imagem abaixo mostro igualmente a tela que acompanha e serve de caixa (no verso) para o álbum na versão de coleccionador, numerada e limitada a 100 exemplares. Há tempos comentava aqui o quão interessante seria este nicho de mercado, de edições limitadas, numeradas e acompanhadas de pormenores, destinadas a coleccionadores que valorizam o livro, não só como objecto de leitura mas igualmente como peça de colecção. A Ala dos Livros, neste campo, tem trabalhado muito bem. 
 

06 abril, 2021

Lançamento GRADIVA: O Último Homem...

Em Janeiro de 2020 era um dos meus desejos; em Janeiro de 2021, renovei esse desejo, hoje concretiza-se. O álbum «O Último Homem...» (Jusqi'au Dernier, no original) assinado por Jérôme Félix e Paul Gastine, na sua edição em português, pela GRADIVA, tem lançamento para as livrarias, a partir desta terça-feira.
 
E a verdade é que a Gradiva tem-se revelado uma bela caixinha de surpresas neste seu "regresso" à banda desenhada. Depois das interessantes colecções dedicadas a figuras da história universal e mitologia grega, o «Guardião» de Francois Boucq e Yves Sente foi a cereja.
 
Desta vez traz-nos um western,  para ajudar a corroborar aquilo que eu aqui já tinha escrito sobre a sensação que o ano de 2021 seria um ano de westerns em Portugal.
 
Vai-se confirmando para deleite deste que aqui escreve. Pelas minhas contas, a procissão vai a meio e já é o quarto álbum dentro desta temática. Este «O Último Homem...» chega-nos premiado e acompanhado de excelentes criticas. Vamos esperar que corresponda.
 
O ÚLTIMO HOMEM...
A era dos cowboys está a chegar ao fim. Em breve, serão os comboios a conduzir as vacas aos matadouros de Chicago. Acompanhado de Bennett, um jovem de 20 anos com limitações intelectuais, Russell decidiu arrumar as esporas e iniciar uma nova vida como rancheiro no Montana. A caminho, fazem uma paragem em Sundance. De manhã cedo, Bennett é encontrado morto. O mayor prefere pensar em acidente, para não ter de se confrontar com a eventualidade de haver um assassino entre os seus concidadãos, e expulsa Russell da povoação. Mas o velho cowboy regressa à frente de um bando de marginais para exigir a verdade sobre a morte de Bennett... 
 
 
A editora preparou para o lançamento um chamado booktrailer que pode ser visto aqui


Ficha técnica:
O ÚLTIMO HOMEM...
De Jérôme Félix, Paul Gastine
Capa dura, dimensões 23,30x31,30, cores, 74 págs.
ISBN 978-989-785-045-5
PVP: €16,50
Edição GRADIVA

04 abril, 2021

Todas as capas da Colecção «Peter Pan»

 
Depois do anúncio de lançamento de ontem, hoje trago aqui as capas dos seis volumes que compõem a colecção «Peter Pan» da parceria Público/ASA. Recordo que esta colecção apresenta-se no formato de capa dura, nas generosas dimensões 24x32 cm, com o número de páginas a variar entre as 56 e as 64. Os desenhos que ilustram as capas apresentam-se sem surpresa relativamente aos álbuns originais, mas "limpos" daquela moldura que acompanhava as edições da Bertrand e da Booktree. O quinto e sexto álbuns são inéditos em Portugal. Quinzenalmente a partir de 15 de Abril. 
 
A colecção completa de «Peter Pan» de Loisel é composta pelos seguintes títulos:
 
1. Londres 
2. Opikanoba
3. Tempestade
4. Mãos Vermelhas
5. Gancho
6. Destinos 

 

03 abril, 2021

Peter Pan de Loisel é a nova Colecção Público/ASA

 
Eu ontem falava aqui das belas novidades que nos esperavam para Abril, e hoje, em primeira mão, posso dizer que uma delas é o regresso do clássico «Peter Pan», na adaptação magnifica e muito livre de Régis Loisel, numa colecção completa composta por 6 volumes, da parceria Público/ASA. 
 
Há muito que os leitores portugueses esperavam por isto acontecer, depois de uma primeira publicação em Portugal iniciada pela editora Bertrand e depois continuada pela Booktree, mas que a deixou incompleta, com apenas 4 álbuns publicados.
 
Em «Peter Pan», Loisel conduz-nos pelos meandros da psicologia humana, manobrando com virtuosismo conceitos como a maternidade não assumida, a violência infantil, a vingança, o complexo de Édipo... O resultado é uma referência incontornável da nona arte a nível mundial e uma história que, não sendo para crianças, é para adultos que se recusam a crescer.
 
A colecção de 6 livros, em capa dura, apresenta um preço unitário de € 10,90 €, com a distribuição quinzenal em bancas, todas as quintas-feiras, entre 15 de Abril e 24 de Junho de 2021.
 
Nos próximos dias, conto dar mais pormenores.
 

02 abril, 2021

Está a decorrer o prazo de candidatura ao «Prémio Jorge Magalhães»

 
Depois da boa retoma que foi Março, com um bom numero de lançamento face aos meses anterior, eis-nos chegados a Abril. Poso apenas dizer que se esperam boas novidades, que a devido tempo poderei dar aqui conta.
 
Para já, trago aqui o «Prémio Jorge Magalhães», um prémio anual, em tudo diferentes aos já existentes, uma vez que visa premiar exclusivamente um autor nacional pela sua qualidade de argumentista.
 
De acordo com os promotores, o Prémio Jorge Magalhães "visa distinguir um autor português cujo argumento para Banda Desenhada tenha contribuído para dignificar a 9ª Arte."

Trata-se de uma iniciativa promovida pela editora Ala dos Livros e pela família Magalhães, que assim prestam uma bonita homenagem ao Pai, Avô e sobretudo ao grande editor, coordenador, tradutor e argumentista de banda desenhada que foi Jorge Magalhães, falecido em 2018.
 
O prazo para candidaturas encontra-se a decorrer até ao final do mês de Junho, e podem concorrer todos os (autores) argumentistas de nacionalidade portuguesa, residentes em Portugal, com uma obra original editada em 2020. A divulgação do autor/argumento vencedor será efetuada a 2 de Dezembro.
 
Os interessados deverão consultar o respetivo regulamento disponível aqui.