19 janeiro, 2020

Lançamento ALA DOS LIVROS: O Pacto da Letargia

Editado  em simultâneo com a edição francesa, a editora ALA DOS LIVROS lança esta semana, a edição portuguesa do mais recente livro do espanhol Miguelanxo Prado.

«O Pacto da Letargia» apresenta-nos uma visão própria da natureza do ser humano e do seu impacto sobre o nosso planeta. Uma viagem por um mundo de mistério e magia, enquanto antigos poderes ocultos procuram recuperar a harmonia na Terra. Mas, como em todos os equilíbrios de forças, existem factores que os podem alterar – especialmente quando a própria humanidade é vista como uma ameaça.

A versão portuguesa apresenta-se num belo formato de edição franco-belga em capa dura.

O PACTO DA LETARGIA
Um jovem assistente universitário encontra por acaso algumas notas de um professor aposentado que parecem remeter para uma antiga ordem de anjos e demónios e para um tríscelo envolto em mistério.

Ficha técnica:
O PACTO DA LETARGIA
Argumento e Desenho de Miguelanxo Prado
Cartonado, 235x310 mm, cores, 104 páginas
ISBN: 978-989-54171-8-6
PVP: 24,90 Euros
Editora ALA DOS LIVROS




16 janeiro, 2020

Lançamento PLANETA: Star Wars vol. 7 - As Cinzas de Jedha

A editora PLANETA regressa ao universo do nosso contentamento, com mais um volume da saga STAR WARS.

Disponível a partir da próxima semana teremos então o sétimo volume da série principal.


AS CINZAS DE JEDHA
A revelação da Estrela da Morte mudou tudo, mas a destruição de uma superarma provou que o Império não é invulnerável. O espectro de uma devastadora arma reuniu várias pessoas unidas pela esperança. E agora estes rebeldes continuam a lutar por um futuro melhor na galáxia muito, muito distante!


Ficha técnica:
Star Wars - Livro 7: As Cinzas de Jedha
Coleção STAR WARS
De Kieron Gillen e Salvador Larroca (ilustrações)
Capa dura, dimensões: 175x265 mm, cores, 136 pags.
ISBN: 9789897773341
PVP: € 16,95
Editora Editorial PLANETA

Colecção Blueberry: Volume 8 - Gerónimo, o Apache

Já na sua recta final, encontramos hoje nas bancas o 8º álbum da Colecção Blueberry. É um álbum fantástico, que nos traz uma das grandes figuras do Oeste americano, Gerónimo, que assume aqui um papel principal, numa narrativa que alterna entre «flasbacks» mantendo-se Blueberry como o narrador da história. 

GERÓNIMO, O APACHE
Clum, proprietário do Tombstone Epitaph, é raptado pelos homens de Gerónimo. Este pede-lhe para negociar a sua rendição junto do exército e nega estar por detrás do ataque ao carregamento de prata. Blueberry, ainda convalescente, continua a relatar a Campbell a sua história: derrotado por Gerónimo num combate peculiar, é poupado por este, depois de uma visão o ter convencido a deixar viver o cara-pálida. Entretanto, os homens do capitão Noonan capturam alguns dos apaches, entre os quais o próprio Gerónimo. À noite, chegado ao Forte Mescalero, Blueberry luta com o sargento que acabou com os feridos e agride mesmo o capitão Noonan.


Ficha técnica:
Gerónimo, o Apache
Colecção Blueberry - Volume 8 (de 10)
De Jean-Michel Charlier e Jean Giraud
Capa mole, cores.
PVP: € 7,90
Editora ASA

13 janeiro, 2020

Planos para 2020


Ano novo, novas edições. E são bons os tempos e os ventos favoráveis para a edição de banda desenhada em Portugal. Quer em banca, quer em livraria, temos actualmente uma oferta bastante diversificada que abrange praticamente todos os géneros e latitudes. E as editoras (algumas) não descurando a atenção para com os leitores portugueses, vão abrindo o livro sobre os seus planos editoriais para 2020. Observamos que qualquer boa obra editada lá fora, mais tarde ou mais cedo vai ser editada por cá. Basta o leitor português ter paciência. Todas as imagens de capas (algumas estrangeiras) que publico aqui, são de edições que vão sair este ano em Portugal.


Faço um pequeno apanhado, por editora, para vosso conhecimento.

A ALA DOS LIVROS anuncia já para esta semana, a mais recente obra de Miguelanxo Prado, «O Pacto da Letargia». A capa está absolutamente fantástica! Garantido também está o terceiro e último volume do integral «Comanche» a preto-e-branco. E o segundo volume do surpreendente "Undertaker». E a continuidade dos «Escorpiões do Deserto». Em termos de séries novas, a editora adianta que serão três a lançar este ano. Ainda no segredo dos deuses, mas eu aposto já que uma delas será o muito esperado «Matteo». Faço figas!

A ARTE DE AUTOR, que no ano passado duplicou a sua produção relativamente ao anterior, anunciou já para a próxima semana, o seu primeiro lançamento. Trata-se de «Quimeras Fascinantes», uma colectânea de diversas histórias curtas do mestre Manara. Para Fevereiro, teremos o quarto álbum do western «Duke» desenhada pelo magnífico Hermann. Segue-se depois mais um «Druuna» de Serpieri. O premiado «Verões Felizes» terá a sua continuação com mais um álbum duplo, assim como a saga do «Cavaleiros de Heliopolis». E ainda este ano podemos contar com mais três álbuns (7, 8 e 9) da colecção «Corto Maltese». Não será tudo mas é o para já!

A SEITA, nova editora surgida em finais do ano passado, já tinha anunciado a sua entrada no mercado franco-belga, e fá-lo pelas mãos do autor Matthieu Bonhomme com «O Homem que Matou Lucky Luke». É de esperar desta editora, este ano, mais lançamentos do universo Bonneli, nomeadamente das personagens «Dylan Dog» e «Dampyr».

Da ASA aguardamos o «Blake & Mortimer» de Schuiten, intitulado «O Último Faraó». Depois do seu adiamento para não coincidir com o lançamento do «Vale dos Imortais», espera-se agora que a novidade chegue a tempo de um dos próximos festivais de BD.



A G.FLOY já abriu o livro todo. Anuncia um plano editorial para 2020 a rondar 30 novos lançamentos, e divulga já os títulos para o primeiro semestre do ano. A oferta é tão boa que  a dificuldade passa pela gestão da carteira. Outra novidade passa agora pelo lançamento dos títulos primeiro em  bancas sucedendo-se depois a sua distribuição pelas livrarias. Para já em Janeiro e nas prpróximas semanas encontramos os últimos lançamentos de 2019, «Wolverine Arma-X, O Amanhã morre hoje», «Nemésis» e «Gideon Falls - vol. 2». Seguem-se depois as novidades de 2020, «X-Men, E de Extinção», «O Circulo de Júpiter», «Ms. Marvel - volume 4» e «Jessica Jones».  Nos restantes meses, é só olhar para as capas.


Por parte da LEVOIR, podemos contar com séries oriunda do catálogo da DC Comics. Anunciadas estão «Doomsday Clock» que será publicada em vários volumes, muito provavelmente no âmbito da parceria com o jornal Público. Com o selo da DC Black Label, teremos em Fevereiro/Março «Harleen», a história de Harley Quinn, escrita e desenhada por Stjepan Sejic. E garantida está igualmente uma nova série de Novelas Gráficas.


A ESCORPIÃO AZUL é que já anunciou quase na totalidade o seu plano editorial. 12 obras, uma por cada mês do ano. «Júpiter Integral» de Ricardo Lopes em Janeiro e «O Penteador» de Paulo J. Mendes em Fevereiro são as duas primeiras obras com as capas divulgadas.


Seguem-se depois:
  • «A Guerra nas Margens do Rovuma» por MAF- Março
  • «O Fogo Sagrado» de Derradé - Abril
  • «Histórias Zinásticas» por Inês Fetchnóaz - Maio
  • «Ermal», 4º e último volume de Miguel Santos
  • «Futuro Proíbido» 2º volume por Pepedelrey - Junho
  • «Baphomet´s Moon» de Diogo Lourenço (argumentista) e Maggie BC (desenhadora) - Julho
  • «Dissonâncias Cognitivas» de Ricardo Santo - Setembro
  • «Saphari» de Miguel Ángel Martín - Setembro
  • «O Último sopro dos Mortos» de Davide Garota - Outubro
  • «Deceiders - 1º volume» de André Mateus (argumentista), Pedro Mendes (desenhador)- Outubro

Depois há outras editoras que se mostraram bastante activas em 2019, nomeadamente a GRADIVA,  a PLANETA e a DEVIR, das quais se espera um igual ritmo de edição, e a continuação de séries que foram bem recebidas pelos leitores portugueses

Assim, da GRADIVA, na Colecção «A Sabedoria dos Mitos» segue-se «O Nascimento dos Deuses». Da PLANETA aguardamos o sétimo volume da saga «Star Wars».


Da DEVIR, que acaba de divulgar o seu top de vendas de 2019, surgindo «My hero Academy» como o mangá mais vendido, logo o quinto volume é aposta certa este ano. E depois temos «Lazarus», outra boa aposta desta editora. Vamos receber o terceiro volume.


10 janeiro, 2020

Colecção Blueberry: Volume 7 - Sombras sobre Tombstone

Alguns afazeres têm-me mantido afastado deste espaço,  mas continuam a sair noticias, boas noticias sobre futuros lançamentos por cá. Algumas editoras começam a revelar o seu plano editorial. Nos próximos dias conto falar sobre essa matéria. Para já fica aqui a nota de lançamento em banca de mais um volume da Colecção Blueberry, que começa a entrar na sua fase final. É o sétimo de 10 álbuns álbuns previstos.


SOMBRAS SOBRE TOMBSTONE
“Jogador profissional abatido pelas costas”, anuncia a edição especial do Tombstone Epitaph. Nada de extraordinário, não fosse o jogador chamar-se Blueberry, uma verdadeira celebridade, segundo Campbell, jornalista em Boston. Mas mesmo com três balas no corpo, Blueberry não morre. Mal abre um olho, Campbell precipita-se para a sua cabeceira a fim de registar as memórias do herói. Entretanto, Strawfield celebra com grande aparato a partida para Tucson do seu carregamento de prata, que os Clanton planeiam atacar, disfarçados de apaches. E é com a sombra de Gerónimo a pairar sobre as colinas que o ataque se consuma...

Ficha técnica:
Sombras sobre Tombstone
Colecção Blueberry - Volume 7 (de 10)
De Jean-Michel Charlier e Jean Giraud
Capa mole, cores.
PVP: € 7,90
Editora ASA

07 janeiro, 2020

Os gauleses estão de volta com a Salvat


Começou a invasão SALVAT! Este inicio de ano já está marcado pelo assalto da SALVAT às bancas portuguesas, com lançamento de duas novas coleçcões de banda desenhada que se juntam à «Coleção Definitiva do Homem-Aranha», que nesta altura do "campeonato" vai a meio dos lançamentos previstos. Na prática, os próximos meses teremos colecções longas (mais de 30 volumes cada) a correrem paralelamente.

Mas o destaque desta nota, vai para uma das novas colecções a «Colecção Asterix Salvat». Quinzenalmente traz-nos de volta as aventuras do irredutível gaulês, num total de 38 álbuns. Na prática teremos a reedição de 36 dos 38 álbuns de aventuras já editados até à data, e foram acrescentando dois álbuns ilustrados. Em formato franco-belga de capa dura, cada volume faz um enquadramento da histórias e das personagens, e inclui um conjunto de extras constituídos por documentos e desenhos inéditos dos arquivos pessoais dos autores Uderzo e Goscinny.

Como sempre acontece nestes lançamentos, o primeiro álbum, «Astérix e La Traviata», já nas bancas, tem um preço  promocional de € 2,99 €. O segundo álbum fica pelo preço de € 5,99, e do terceiro até ao último álbum, cada fica por € 10,99. O preço total da colecção é € 404,62.

A razão do destaque desta colecção aqui, prende-se pelo facto da mesma se apresentar em português, ao contrário das restantes colecções Salvat que que são importações brasileiras, e quem acompanha este espaço sabe que aqui se privilegia sempre a edição nacional.

Sobre a colecção, confesso alguma surpresa, por existir uma segunda editora a republicar Asterix, quando a quase totalidade dos álbuns, senão mesmo a totalidade, se encontram disponíveis nas livrarias. É certo que esta edição se apresenta como de colecionador com a inclusão de extras inéditos, mas será que há público comprador para mais do mesmo Asterix? Por toutatis!


COLECCÃO INTEGRAL ASTÉRIX SALVAT

  1. Astérix e La Traviata
  2. Astérix na Hispânia
  3. Astérix entre os Pictos
  4. Astérix o Gaulês
  5. Astérix e o regresso dos Gauleses
  6. Astérix e os Normandos
  7. O papiro de César
  8. O filho de Astérix
  9. O presente de César
  10. O aniversário de Astérix e Obélix
  11. A foice de oiro
  12. Astérix Legionário
  13. Astérix entre os Belgas
  14. O céu cai-lhe em cima da cabeça
  15. Astérix nos Jogos Olímpicos
  16. Astérix entres os Helvécios
  17. Astérix Gladiador
  18. Astérix entre os Bretões
  19. O pesadelo de Obélix
  20. Astérix e Cleópatra
  21. O escudo de Arverne
  22. A volta à Gália
  23. A rosa e o gládio
  24. Astérix e os Godos
  25. A grande travessia
  26. O combate dos chefes
  27. Astérix e o caldeirão
  28. A Zaragata
  29. O Grande Fosso
  30. Obélix e Companhia
  31. A Odisseia de Astérix
  32. Astérix na Córsega
  33. O domínio dos Deuses
  34. As 1001 horas de Astérix
  35. Os louros de César
  36. O Adivinho
  37. Os 12 trabalhos de Astérix
  38. Obélix caiu no Caldeirão do druida quando era pequeno


02 janeiro, 2020

Colecção Blueberry: Volume 6 - Mister Blueberry

E o primeiro lançamento do ano, nas bancas, é Blueberry, aliás, Mister Blueberry, o sexto álbum da Colecção, que abre o «ciclo» com o mesmo nome. É também  o ciclo de histórias que conta apenas com Jean Giraud  no argumento e desenho, depois do falecimento de Jean-Michel Charlier em 1989.

A famosa cidade de Tombstone serve de palco para a narrativa. Aqui encontramos Blueberry, já na sua fase pós-exercito. Giraud, magistralmente, consegue enquadrar na história o famoso duelo de OK Corral.

MISTER BLUEBERRY
Chegado há uma semana a Tombstone, um misterioso jogador incendeia as mesas de póquer e todos os homens abastados da região se acotovelam para o defrontar. Esta figura enigmática acaba por suscitar o interesse de muitas outras pessoas, por razões que vão muito para além do mero póquer. Blueberry – é ele a intrigante personagem – ganhou alguns cabelos brancos e a sua vida resume-se agora a estas partidas de cartas, que se sucedem umas atrás das outras. Acaba por se ver colocado no centro das atenções, com a sua mesa de jogo a transformar-se no centro de um redemoinho que pode acabar por o engolir...


Ficha técnica:
Mister Blueberry
Colecção Blueberry - Volume 6 (de 10)
De Jean-Michel Charlier e Jean Giraud
Capa mole, cores.
PVP: € 7,90
Editora ASA

31 dezembro, 2019

12 passas... em português para 2020

Chegados ao último dia do ano. Vou deixar os balanços e as listagens de 2019 para os primeiros dias de 2020.  A hora agora é de fazer pedidos para o ano novo. E como aqui de banda desenhada falamos deixo 12 leituras que gostaria de fazer em português. Alguns edições estão praticamente garantidas. Outras tenho esperança. Outras ainda são desejos antigos.

Começemos pela "primeira passa". «O Homem da Estrela de Prata». A ASA depois das duas colecções «Blueberry» tem a obrigação de tapar o buraco que deixou. Depois aproveitando o balanço era óptimo o novo Blueberry ("segunda passa"), que conta agora com uma nova dupla de autores, Sfar/Blain. A "terceira passa" vai para «Jusqu'au dernier», mais um western ou não fosse este um dos meus géneros de eleição. Tem tido óptimas criticas!


A seguir temos aquilo que posso chamar desejos garantidos. O segundo volume de «Undertaker» pela Ala dos Livros, o quarto volume de «Duke» pela Arte de Autor, e «Le Dernier Pharaon», o B&M de Schuiten pela ASA tem a edição em português assegurada em 2020. Óptimas leituras nos aguardam!


Depois segue-se «Mattéo» que depois do dois primeiros volumes da VitaminaBD e que ficou orfã de editora. Entretanto lá por fora já saíram mais três volumes. Tem tudo de muito bom esta série. Um excelente premissa. a história de um jovem antimilitarista que se vai ver envolvido nos principais conflitos do século XX, desde da Primeira Grande Guerra, passando pela Revolução Russa, Guerra Civil Espanhola, até à Segunda Guerra Mundial. Tudo contado e desenhado com mestria por Gibrat, A sério que adorava poder continuar a ler isto em português.


Finalmente as "últmas passas" para 2020. Vão para a continuação de séries que ficaram por cá "penduradas". A ASA em 2015 lançou a «Colecção XIII», mas entretanto a partir de 2016 começaram a sair novos álbuns. Por cá nada aconteceu. O «Escorpião» de Marini é outra das séries mal-amadas da ASA. Incompreensivelmente. E finalmente «A Casta dos Metabaões» é aquele desejo já antigo que se renova todos os anos. Tem argumento de Jodorosky e arte de Gimenez, e a história é magnifica. Anda muito editor distraído!



E vocês caros leitores, quais seriam os vossos desejos para 2020? Sintam-se à vontade para comentar!

Ficam os votos um excelente Ano Novo para todos, com óptimas leituras!

29 dezembro, 2019

Lançamento G.FLOY: Dois Irmãos

Disponível já nos escaparates das livrarias encontramos este «Dois Irmãos», uma adaptação para novela gráfica da obra de Milton Hatou, pelos irmãos Fábio Moon e Gabriel Bá, autores brasileiros que já tivemos o prazer de conhecer aquando da sua passagem pelo Festival de Beja (agora não sei precisar o ano).

A partir do seu traço, a vida dos gémeos Yaqub e Omar ganha novos contornos épicos. A Manaus de Bá e Moon, feita de um jogo de luz e sombras, acolhe este drama que cruza gerações e, seja nos grandes planos ou nos mais ínfimos detalhes, instila no enredo original de Hatoum uma energia e vitalidade novas.

DOIS IRMÃOS
Omar e Yaqub são irmãos gémeos, mas embora partilhem as mesmas feições, são completamente diferentes um do outro. E o amor possessivo de Zana, a sua mãe, vai agitar ainda mais o conflito entre ambos, até ao evento que irá desencadear o drama no centro deste relato... Yaqub, o “filho bom”, é enviado do seu Brasil natal para viver com familiares no seu Líbano ancestral, regressando cinco anos depois, transformado, a um país que para ele já é estranho, e a um irmão que ele continua a detestar. Estes segredos de família irão mergulhar o leitor numa saga sobre identidade, amor, perda, enganos e a destruição de laços familiares, ambientada em Manaus, na década de cinquenta.

Ficha técnica:
Dois Irmãos
Adaptação e ilustração de Fábio Moon e Gabriel Bá
Cartonado, Dimensões 20,5x28,5 cm, p/b, 232 pags.
ISBN 9788365938756
PVP: € 22
Editor G.FLOY






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...