05 novembro, 2015

Lançamento LEVOIR: Billie Holiday

A LEVOIR lança hoje, em distribuição com o jornal Público, um álbum de banda desenhada inédito em Portugal, destinado a celebrar o 100º aniversário do nascimento de Billie Holiday, a célebre cantora de Jazz.

Trata-se da biografia gráfica da chamada Deusa do Jazz, assinada por uma dupla consagrada de autores argentinos, José Muñoz e Carlos Sampayo, que retratam num fundo de racismo e desgraça o mundo do blues e a ascenção e queda de uma das maiores representantes da época de ouro do jazz.

BILLIE HOLIDAY
Billie Holiday nasceu em Baltimore em 1915 e morreu em Nova Iorque em 1959, converteu-se numa mítica cantora de Jazz. Ainda hoje é considerada “a voz” que nos comove. Neste livro a história desenrola-se à volta da escrita de uma noticia pedida a um jornalista nova iorquino.
Este profissional dos media tenta reconstruir a biografia da artista, procurando para além dos escándalos públicos na vida da estrela ( abusos, droga, violência, alcool, etc ) a verdade junto de quem com ela privou.

O livro é editado em capa dura, edição de coleccionador, com um preço de venda de € 11,90.


Sobre aos autores:

JOSÉ MUÑOZ
Nascido em 1942, em Buenos Aires, José Muñoz estudou desenho na Escola Pan-Americana de Artes, onde foi aluno de Alberto Breccia e conheceu Hugo Pratt, os autores que mais influenciaram o seu estilo. Aos18 anos, começou a trabalhar como assistente de Solano Lopez (o desenhador de El Eternauta, uma obra-prima da BD argentina, escrita por Oesterheld) e pouco depois substituiu Hugo Pratt como desenhador de outra série criada por Oesterheld, Ernie Pike.
Em 1972, o agravar da situação política leva-o a exilar-se na Europa, onde ainda vive, entre Paris e Milão, depois de ter passado por Inglaterra, Espanha e por Itália. A sua carreira tem sido feita ao lado do seu amigo e compatriota Carlos Sampayo, mas colaborou também com Jerome Charyn — e até com Archie Goodwin, numa história do Batman. José Muñoz ganhou o Grande Prémio de Angoulême em 2007.

CARLOS SAMPAYO
Carlos Sampayo nasceu em 1943, também em Buenos Aires. Definindo-se como “um boxeur amador até ao dia em que fiquei K.O. por me ter distraído a olhar para um cartaz publicitário”, Sampayo trabalhou em publicidade, até se dedicar a tempo inteiro à BD como argumentista, colaborando sobretudo com Muñoz, mas também com Igort e com Oscar Zarate. Em finais de 1972, decide deixar a Argentina e ir viver para Espanha, onde ainda hoje reside.


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...