10 abril, 2017

O que podemos esperar da G.FLOY para 2017

Depois de em Janeiro ter feito aqui uma antevisão geral do nº de lançamentos e alguns títulos anunciados pelas editoras portuguesas de banda desenhada para 2017, venho agora falar em particular daquela é que é actualmente, e muito provavelmente, a mais dinâmica e mais excitante de todas as editoras nacionais. A G.FLOY, pois claro.

De origem dinamarquesa, tem-se vindo a afirmar no mercado português pela excelente aposta que faz, sobretudo, nas séries de qualidade saídas de editoras independentes americanas, e um bom exemplo disto é ... SAGA. À qualidade associa-se uma magnífica relação preço de venda versus formato de edição. Meio caminho para o sucesso.

Em 2016, a G.Floy lançou para o mercado um total de 19 novidades, tendo privilegiado dar continuidade às séries que compõem o seu catálogo. Mas tal não obviou a aposta em histórias únicas ou reunidas num único volume como foi o exemplo da edição integral de Miracleman.

Para 2017, os objectivos da G.Floy revelam-se ambiciosos. Não fazendo segredo, a meta da editora passa por um total de lançamentos a rondar entre os 25 a 30 livros. É um aumento superior a 50% relativamente à produção de 2016, e que se traduz numa média de pelo menos duas edições por mês.

Para já, de Janeiro a Março, a G.Floy fez sair cinco livros. Abriu o ano com o início de uma nova série, “Outcast”, seguiu-se a continuação de “Velvet” e “Saga”, e a publicação de duas histórias do universo Marvel, “Capitão América Branco” e “Loki”.

Para os restantes meses do ano, estão anunciadas cerca de mais 20 novidades, entre as quais se destaca a publicação de autores portugueses, uma nova incursão na bd franco-belga, a estreia do universo Mark Millar em Portugal, para além de mais Marvel.

Para facilitar, optei por organizar os lançamentos anunciados pela editora por meses, criando uma espécie de agenda G.Floy para 2017.

Assim temos:



  • Para ABRIL:
No presente mês teremos o sexto volume de TONY CHU com o título de "Bolos Janados", que nos trará Poyo, provavelmente o galo cibernético mais tramado do mundo e arredores, diz o editor! Do universo Marvel, segue-se CAGE, de Brian Azzarello e Richard Corben.


  • Para MAIO, e a marcar presença no Festival de BD de Beja:
É a estreia da editora em autores portugueses, com CIDADES (ver imagem). Trata-se de uma antologia de histórias curtas de alguns dos maiores autores de BD portugueses, aqueles que vivem na principal "casa da banda desenhada" do nosso país, o The Lisbon Studio! Talentos ímpares com histórias de CIDADES, das margens do Tejo e do estúdio de Santa Apolónia, até aos emaranhados complexos de Walled City, em Hong Kong!

Outra aposta em autores portugueses é com HANURAM, O DOURADO, de Ricardo Venâncio. «Um dom para lutar. Uma armadura dourada. Um orgulho desmesurado» são as premissas para uma história pensada originalmente para publicação digital e que vê agora a sua passagem para livro. Exposição + presença do autor estão previstas para o Festival de BD de Beja.

Outro lançamento da G.Floy para Beja, e que contará igualmente com a exposição + presença da autora, é A LEOA: UM RETRATO DE KAREN BLIXEN, uma biografia em banda desenhada, pela dupla Annne-Caroline Pandolfo e Terkel Risbjerg.

Ao longo do deste mês estão previstos as continuações de HARROW COUNTY (Vol 2), SOUTHERN BASTARDS (Vol 3) e VELVET (Vol 3).

Outro lançamento previsto, mas ainda não confirmado é WYTCHES, a mini-série de Scott Snyder e Jock.


  • Para JUNHO:
Temos o regresso de OUTCAST com o publicação do segundo volume desta série.


  • Para JULHO:
Marca a estreia do universo Mark Millar em Portugal. SECRET SERVICE com arte de Dave Gibbons é o primeiro livro a ser editado.

E a aproveitar a boleia do novo filme do Homem-Aranha, teremos NEGATIVE EXPOSURE, uma história Homem-Aranha/Dr. Octopus, que conta com o argumento de Brian K. Vaughan e a arte de Staz Johnson.


  • Para OUTUBRO/NOVEMBRO, e a tempo do Amadora BD:
Uma nova incursão por autores portugueses será dada com a publicação de ROCKET RACCON, reunindo a mini-série que o “nosso” Jorge Coelho acabou de ilustrar para a Marvel. Será sem dúvida uma das sensações do festival.

Uma incursão pela bd franco-belga será com a edição de AFIRMA PEREIRA, de Pierre-Henry Gomont.

Do universo Millarworld teremos o segundo livro: JUPITER'S LEGACY, de Mark Millar com arte de Frank Quitely.

E uma das melhores séries publicadas pela G.Floy, marcará também presença com um novo volume: SAGA (Vol 7).

Com a estreia de Thor: Ragnarok nos cinemas agendada para finais de Outubro, teremos a edição de THE LAST DAYS OF MIDGARD, com o argumento de... Jason Aaron, e arte de Esad Ribic, um livro de uma das fases mais aclamadas do Deus do Trovão.


UNCANNY X-FORCE, de Rick Remender e arte de Jerome Opeña será outra nova série da editora.


  • Em DEZEMBRO:
Para fechar o ano, a G.Floy traz-nos mais… Jason Aaron. O talentoso argumentista de Southern Bastards, regressa com THE GODDMANED. O épico bíblico que nos conta a história do Homem à beira de seu primeiro apocalipse, na incrível arte de R. M. Guéra.

Dezembro marca também a estreia do Punho-de-Ferro por cá, com a edição de IMMORTAL IRON FIST com o argumento de Ed Brubaker e a arte de David Aja.

E a edição de EMPRESS com arte de Stuart Immonen, fecha a primeira leva de livros de Mark Millar.

Boas Leituras!

6 comentários:

diogosr1 disse...

E ainda falta o the wicked + the divine! Realmente soberbo! De facto comprar em inglês, de momento, só mesmo para quem não tem paciência para esperar um bocadinho.
Abraço

Optimus Primal disse...

Esta ai grande variedade sem duvida mas ainda a diversos comics que não tem editado nada alguns ate estão no cinema.

MECO disse...

Não há Miracleman?

Luis

Nuno Neves disse...

Viva Diogo, faltam ainda alguns, que a editora opta por ir divulgando. The wicked + the divine é de facto um deles. Por mim já não compro nada em inglês. São tempos favoráveis na edição em português. Abraço

Nuno Neves disse...

Optimus, Diversidade começa a ser uma característica do catalogo da G-Floy. Géneros quase para todos os gostos. Abraço

Nuno Neves disse...

Luis, Tudo bem? Falta aqui a menção mas parece que vai mesmo haver o Miraclemen do Neil Gaiman. Até Beja. Abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...