02 novembro, 2010

Notas sobre 21º Amadora BD (2)

Trent

2º Fim-de-semana no Amadora BD. Muita chuva lá fora, (e mais uma vez) pouco público lá dentro. O povo anda mesmo com pouca vontade de celebrar a República mesmo que ela se manifeste sob a forma de banda desenhada. Nem sei mesmo se eu disser aqui que andam por lá a distribuir gratuitamente álbuns de BD (o que é verdade!) se altera o estado de coisas. Mas foi um fim-de-semana com bastante interesse. Muitos autores portugueses presentes, alguns lançamentos e Sean Gordon Murphy.

No Sábado foi o dia do anúncio dos vencedores dos PNBD. Pergunto o que será preciso fazer mais para o editor Mário Freitas para ganhar um prémio nas categorias de “álbum português”? O anunciado lançamento da Zona Negra 2 não aconteceu porque o livro falhou a sua saída da gráfica, mas nas sessões de autógrafos os autores ZONA! mostraram a vitalidade do projecto. Destaco Carla Rodrigues e António Valjean. Mas o autor em destaque neste fim-de-semana foi mesmo Sean Murphy, com o lançamento do “seu” Off-Road (edição Kingpin Books), uma história simples mas muito bem conduzida e desenhada. A sua prestação nas sessões de autógrafos foi inexcedível. Desenho rápido e de excelente qualidade. Decidi-me por um Batman. A sua exposição é preciso descobri-la porque encontra-se escondida, mas as pranchas expostas valem a procura.


No Domingo de manha decorreu a tradicional festa da caricatura. Para a miudagem, enquanto os pais esperavam nas filas, um conto da Bruxa Mimi contado pela própria Bruxa Mimi. A exposição das ilustrações de Korky Paul é simplesmente um delírio visual. Um dos lançamentos surpresa deste festival foi “Scott Pilgrim” (edição Booksmiles). Uma editora praticamente desconhecida lança os dois primeiros de uma colecção de seis livros, a aproveitar e bem a estreia entre nós, a 9 de Dezembro, da adaptação da BD ao cinema.

No feriado do dia 1, a surpresa foi o regresso de Victor Mesquita e de “Eternus 9”, mais de trinta anos depois, agora com o segundo volume intitulado “A Cidade dos Espelhos” (edição Gradiva). O autor esteve presente numa rara sessão de autógrafos, igualmente bastante concorrida. Depois mais Sean Murphy. Desta vez obtive um Trent (antes que alguém pergunte informo que Trent é uma das personagens do livro Off-Road).

E assim aconteceu o 2º fim-de-semana no Amadora BD. Muita chuva lá fora, pouco público lá dentro.

2 comentários:

João Amaral disse...

É impressão minha ou tu conseguiste um "autográfio" do Sean Murphy?

verbal disse...

Olá João, não consegui um... consegui dois! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...