26 abril, 2018

Colecção Bonelli - Vol. 3: Dylan Dog - A Saga de Johnny Freak

Hoje nas bancas encontramos a continuação do desfilar das personagens Bonelli, com o regresso de Dylan Dog à edição nacional depois de Mater Morbi (ed. Levoir, Col. Novela Gráfica III, 2017). A Saga de Johnny Freak é o terceiro volume da Colecção Bonelli.

Johnny Freak é uma história típica de Dylan Dog, e é considerada uma das melhores de sempre. Publicada originalmente em 1993, no #81 da revista mensal do “detective do pesadelo”, surgem nela todos os seus principais personagens. Além de Dylan, conhecemos também Groucho. Ambos são companheiros de quarto em Londres, cenário principal da série. Juntos, investigam fenómenos fantásticos que chegam ao seu conhecimento.

Dylan conhece Johnny e fica intrigado: qual o mistério que se esconde por trás daquele estranho indivíduo surdo-mudo encontrado escondido num parque, sem pernas e sem diversos órgãos do corpo? Apesar de aparentemente inapto para viver em sociedade, Johnny começa a demonstrar lampejos de genialidade para as artes, algo que pode ajudar a desvendar seu passado.

Inspirada num artigo sobre tráfico de órgãos humanos no Brasil, que Marcheselli tinha lido numa revista, esta história de ficção viria a ter confirmação na realidade em 2005, com o célebre caso de James Whittaker, que foi gerado e nasceu expressamente com o objectivo de ser dador de medula para o seu irmão Charlie, afectado por uma doença degenerativa mortal. Este caso insólito aproxima-se ainda mais da segunda história deste volume, “O Coração de Johnny”, que encerra a saga completa, num dos volumes mais complexos e famosos de Dylan Dog.

Ficha técnica:
Coleçcão Bonelli: Vol. 3 - DYLAN DOG: A SAGA DE JOHNNY FREAK
Capa dura, formato 190x260mm, p/b, 200 pags.
PVP: 10,90€ | Editora LEVOIR





Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...