10 fevereiro, 2007

Leitura: Evereste

Conforme já havia sido divulgado aqui, decorreu ontem [Sexta] no CC Vasco da Gama, a apresentação do álbum de banda desenhada EVERESTE, da autoria de Ricardo Cabral, numa adaptação do livro “A Mais Alta Solidão: o primeiro português no cume do Evereste” de João Garcia, que contou com a presença de ambos numa sessão de autógrafos.

O álbum, com uma tiragem única de 2.000 exemplares, é uma cuidada edição, sem grandes luxos, da Câmara Municipal de Lisboa em colaboração com a Junta de Freguesia de Santa Maria dos Olivais, com vista à sua distribuição gratuita pelas escolas da freguesa, afim de incentivar os jovens para a pratica de desporto.

A história, de esforço, coragem e sacrifício, remete-nos para a fase final da subida e conquista do cume do Evereste por parte de João Garcia e do seu companheiro Pascal Decrouwer (que faleceu aquando da descida), narrada pelo primeiro.

Apesar do traço do autor não ser perfeito relativamente à fisionomia das personagens, o desenho das paisagens é muito bom, e destaco mesmo as duas páginas, que ocupa a magnífica imagem (desenho e cores) da vista a partir do topo do mundo, que constituí sem sombra de dúvidas, o “ponto alto” da história.

Evereste
Autor: Ricardo Cabral
Edição única, cores, capa mole
Edição: Câmara Municipal de Lisboa, 1ª edição de 2007
Tiragem: 2000 exemplares

A minha nota:


nota adicional:
A título de curiosidade refiro que a sessão de autógrafos foi bastante concorrida, apesar de ficado com a impressão que era o único bedéfilo presente numa fila cheia de aspirantes e entusiastas de alpinismo. Mas tendo em conta o fim a que se destina, esta é uma excelente iniciativa, onde a BD funciona na perfeição como veículo de promoção de valores, tendo em conta o seu público-alvo. E votos que iniciativas destas se multipliquem!

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...