18 junho, 2018

Dylan Dog para fechar a Colecção Bonelli

Teve data de saída para as bancas na semana passada a 14 de Junho, o 10º e último volume da Colecção Bonelli. Para os coleccionadores a bela lombada com o logo da casa Sergio Bonelli Editore está completa. De regresso está Dylan Dog, o “investigador do oculto”, desta vez a cores, num volume que reúne três histórias curtas.

Os Inquilinos Arcanos, história dividida em três partes aparentemente diferentes, mas que têm um denominador comum: um olho, que perscruta os personagens e entra no leitor. Histórias de uma intensidade incrível como só Sclavi poderia fazer. Publicada originalmente na revista Comic Art, tem argumento de Tiziano Sclavi (criador da série), Mignaco e Baraldi, com desenhos de Roi, Breccia e Manara. Nesta aventura, Dylan Dog investiga os estranhos fenómenos que afectam um edifício em Londres, assombrado por presenças inquietantes.

Em A Grande Nevada, depois de despertar de um horrível pesadelo em que Londres sofria um ataque de zombies no meio dum estranho nevão, Dylan Dog descobre que o que havia sonhado está a ponto de se tornar realidade… Uma história imperdível, que tem argumento de Luigi Mignaco e desenhos do lendário desenhador argentino Enrique Breccia, um dos ilustradores de A Vida de Che, editado pela Levoir em Outubro de 2017.

Finalmente, em Bailando com um Desconhecido, Nives Manara, a irmã do mestre do erotismo, Milo Manara, ilustra uma história de fantasmas escrita por Barbara Baraldi.

Ficha técnica:
Coleçcão Bonelli: Vol. 10 - DYLAN DOG: Os Inquilinos Arcanos
Capa dura, formato 190x260mm, cores, 120 pags.
PVP: 10,90€
Editora LEVOIR, Junho de 2018




6 comentários:

Optimus Primal disse...

" Para os coleccionadores a bela lombada com o logo da casa Sergio Bonelli Editore está completa"

Ai estao 2 coisas dispensaveis.

Miguel Monteiro disse...

Pelo que sei, acho que esta colecção foi um sucesso. E ainda bem que assim foi, se for verdade todo o feedback que esta colecção recebeu!? Agora, só espero que venha mais uma série Bonelli, no futuro,... assim como fazem com a série ´´Novela Gráfica´´, era óptimo trazerem os personagens que ficaram de fora desta 1ª série(Espero,eu!). A Bonelli é muito rica em personagens e géneros,por isso,... que venham mais! A Levoir está de parabens!

Nuno Neves disse...

Dispensável Optmus? Felizmente que existe actualmente uma oferta variada de BD em português. Interessa é chegar a vários gostos e vários públicos. E a lombada ficou excelente.

Nuno Neves disse...

Deu para perceber que a Bonelli tem uma grande legião de leitores portugueses, pelo que o sucesso estava à partida assegurado. Uma escolha criteriosa da histórias foi meio-caminho andado. Pessoalmente a da Júlia foi a que menos gostei, e fiquei sem perceber o fascínio por aquela personagem.

Miguel Monteiro disse...

Também acho que foi das mais fraquinhas. Tenho a impressão que esta história da Julia foi escolhida, em vez de outras melhores, porque é desenhada pelo grande mestre SÉRGIO TOPPI.

Optimus Primal disse...

Júlia é boa para as noites de insónia.
Eu vi paletes nas bancas daqui.Já com outras colecoes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...