13 janeiro, 2020

Planos para 2020


Ano novo, novas edições. E são bons os tempos e os ventos favoráveis para a edição de banda desenhada em Portugal. Quer em banca, quer em livraria, temos actualmente uma oferta bastante diversificada que abrange praticamente todos os géneros e latitudes. E as editoras (algumas) não descurando a atenção para com os leitores portugueses, vão abrindo o livro sobre os seus planos editoriais para 2020. Observamos que qualquer boa obra editada lá fora, mais tarde ou mais cedo vai ser editada por cá. Basta o leitor português ter paciência. Todas as imagens de capas (algumas estrangeiras) que publico aqui, são de edições que vão sair este ano em Portugal.


Faço um pequeno apanhado, por editora, para vosso conhecimento.

A ALA DOS LIVROS anuncia já para esta semana, a mais recente obra de Miguelanxo Prado, «O Pacto da Letargia». A capa está absolutamente fantástica! Garantido também está o terceiro e último volume do integral «Comanche» a preto-e-branco. E o segundo volume do surpreendente "Undertaker». E a continuidade dos «Escorpiões do Deserto». Em termos de séries novas, a editora adianta que serão três a lançar este ano. Ainda no segredo dos deuses, mas eu aposto já que uma delas será o muito esperado «Matteo». Faço figas!

A ARTE DE AUTOR, que no ano passado duplicou a sua produção relativamente ao anterior, anunciou já para a próxima semana, o seu primeiro lançamento. Trata-se de «Quimeras Fascinantes», uma colectânea de diversas histórias curtas do mestre Manara. Para Fevereiro, teremos o quarto álbum do western «Duke» desenhada pelo magnífico Hermann. Segue-se depois mais um «Druuna» de Serpieri. O premiado «Verões Felizes» terá a sua continuação com mais um álbum duplo, assim como a saga do «Cavaleiros de Heliopolis». E ainda este ano podemos contar com mais três álbuns (7, 8 e 9) da colecção «Corto Maltese». Não será tudo mas é o para já!

A SEITA, nova editora surgida em finais do ano passado, já tinha anunciado a sua entrada no mercado franco-belga, e fá-lo pelas mãos do autor Matthieu Bonhomme com «O Homem que Matou Lucky Luke». É de esperar desta editora, este ano, mais lançamentos do universo Bonneli, nomeadamente das personagens «Dylan Dog» e «Dampyr».

Da ASA aguardamos o «Blake & Mortimer» de Schuiten, intitulado «O Último Faraó». Depois do seu adiamento para não coincidir com o lançamento do «Vale dos Imortais», espera-se agora que a novidade chegue a tempo de um dos próximos festivais de BD.



A G.FLOY já abriu o livro todo. Anuncia um plano editorial para 2020 a rondar 30 novos lançamentos, e divulga já os títulos para o primeiro semestre do ano. A oferta é tão boa que  a dificuldade passa pela gestão da carteira. Outra novidade passa agora pelo lançamento dos títulos primeiro em  bancas sucedendo-se depois a sua distribuição pelas livrarias. Para já em Janeiro e nas prpróximas semanas encontramos os últimos lançamentos de 2019, «Wolverine Arma-X, O Amanhã morre hoje», «Nemésis» e «Gideon Falls - vol. 2». Seguem-se depois as novidades de 2020, «X-Men, E de Extinção», «O Circulo de Júpiter», «Ms. Marvel - volume 4» e «Jessica Jones».  Nos restantes meses, é só olhar para as capas.


Por parte da LEVOIR, podemos contar com séries oriunda do catálogo da DC Comics. Anunciadas estão «Doomsday Clock» que será publicada em vários volumes, muito provavelmente no âmbito da parceria com o jornal Público. Com o selo da DC Black Label, teremos em Fevereiro/Março «Harleen», a história de Harley Quinn, escrita e desenhada por Stjepan Sejic. E garantida está igualmente uma nova série de Novelas Gráficas.


A ESCORPIÃO AZUL é que já anunciou quase na totalidade o seu plano editorial. 12 obras, uma por cada mês do ano. «Júpiter Integral» de Ricardo Lopes em Janeiro e «O Penteador» de Paulo J. Mendes em Fevereiro são as duas primeiras obras com as capas divulgadas.


Seguem-se depois:
  • «A Guerra nas Margens do Rovuma» por MAF- Março
  • «O Fogo Sagrado» de Derradé - Abril
  • «Histórias Zinásticas» por Inês Fetchnóaz - Maio
  • «Ermal», 4º e último volume de Miguel Santos
  • «Futuro Proíbido» 2º volume por Pepedelrey - Junho
  • «Baphomet´s Moon» de Diogo Lourenço (argumentista) e Maggie BC (desenhadora) - Julho
  • «Dissonâncias Cognitivas» de Ricardo Santo - Setembro
  • «Saphari» de Miguel Ángel Martín - Setembro
  • «O Último sopro dos Mortos» de Davide Garota - Outubro
  • «Deceiders - 1º volume» de André Mateus (argumentista), Pedro Mendes (desenhador)- Outubro

Depois há outras editoras que se mostraram bastante activas em 2019, nomeadamente a GRADIVA,  a PLANETA e a DEVIR, das quais se espera um igual ritmo de edição, e a continuação de séries que foram bem recebidas pelos leitores portugueses

Assim, da GRADIVA, na Colecção «A Sabedoria dos Mitos» segue-se «O Nascimento dos Deuses». Da PLANETA aguardamos o sétimo volume da saga «Star Wars».


Da DEVIR, que acaba de divulgar o seu top de vendas de 2019, surgindo «My hero Academy» como o mangá mais vendido, logo o quinto volume é aposta certa este ano. E depois temos «Lazarus», outra boa aposta desta editora. Vamos receber o terceiro volume.


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...