19 maio, 2024

Lançamento GRADIVA: O Fotógrafo de Mauthausen

Esta semana chega às livrarias uma muito interessante proposta de leitura, para quem gosta de temática da Segunda Guerra Mundial, apresentada pela GRADIVA. Trata-se da adaptação para banda desenhada de uma história verídica baseada em factos reais sobre a única testemunha espanhola nos julgamentos de Nuremberga.

Mauthausen-Gusen foi o nome de um campo de concentração nazi localizado perto da cidade de Mauthausen, na Áustria. Construído inicialmente como um pequeno campo, depressa se transformou num dos maiores complexos de trabalho escravo na Europa ocupada pela Alemanha durante a Segunda Grande Guerra. Com os prisioneiros a serem forçados a trabalhar em pedreiras e no fabrico de armamento, estima-se que as difíceis condições aliada à brutalidade no campo tenham conduzido à morte de cerca de 100 mil pessoas. A libertação do campo de Mauthausen pelas forças Aliadas, em Maio de 1945, marcou o fim de um dos capítulos mais sombrios da história humana. 

O FOTÓGRAFO DE MAUTHAUSEN
E se o roubo do século tivesse ocorrido... num campo de concentração nazi? Em 1941, Francisco Boix, prisioneiro número 5181 do campo de concentração de Mauthausen, e os seus camaradas delinearam um plano para roubar fotografias que testemunhassem os crimes cometidos no campo e incriminassem os mais altos dignitários nazis. Este plano arriscado é apenas o início da sua jornada para revelar a verdade... 
 
Ficha técnica:
O Fotógrafo de Mauthausen
De Salva Rubio e Pedro J. Colombo
Capa cartonada, formato 23,50, cores, 168 páginas.
ISBN 978-989-785-291-6 
PVP: € 32,50
Edição GRADIVA
 

Sem comentários: