20 outubro, 2008

A caminho do FIBDA’2008... (6)

Continuando a análise dos autores estrangeiros presentes no 19º FIBDA, olho agora para o 2º fim-de-semana do festival, o de 1 e 2 de Novembro:

Maurício de Sousa (Brasil) – Um repetente do FIBDA. O autor da “Turma da Mónica”, pelas personagens, por falar português e pela simpatia, é capaz de ser um dos mais populares entre os visitantes do festival. Já foi assim no passado e será sem dúvida no presente. Há dois anos atrás distribuía revista da Mónica pelos mais jovens, querem melhor forma do que esta para cativar novos leitores?

Ian Gibson (Inglaterra) – Estreia no FIBDA. Um perfeito desconhecido para mim, mas uma consulta na wikipédia, revela-o como desenhador de diversas bandas desenhadas relacionadas com a temática da ficção científica, incluindo a série “Star Wars”. Embutido do espírito da “Guerra das Estrelas” que irá pairar sobre o festival neste fim-de-semana, pode ser que lhe peça um “Darth Vader”!

Zoran Janjetov (Sérvia) – Estreia no FIBDA. Apesar dos seus trabalhos no universo fantástico da série “Incal”, uma das minhas bd’s preferidas, em colaboração com Jodorowsky, não se encontrarem publicados em Portugal, já tive oportunidade de folhear alguns dos seus álbuns em francês, nomeadamente “Les Armes du Meta-Baron” (da personagem “Metabarão”) e “Avant l'Incal - l'Integrale” que permitiram concluir que é um excelente continuador do trabalho de Moebius. É sem margem para dúvidas, o meu autor preferido neste segundo fim-de-semana!

Julio Ribera (Espanha) – Estreia no FIBDA. Conheço o seu trabalho essencialmente pela série “O Vagabundo dos Limbos”, cujos treze primeiros álbuns foram publicados pela Meribérica. Ainda que eu não seja um grande fã do seu desenho, é certo que lá estarei na fila dos autógrafos e pode ser que lhe peça um desenho do “Murcielago”!

Em resumo, apesar do número reduzido de autores presentes, comparativamente com os restantes fins-de-semana, o nível qualitativo mantêm-se elevado. Com excepção do Maurício e todos os restantes autores encontram-se ligados á temática da ficção cientifica, pelo que a festa continua em grande!

2 comentários:

celtic-warrior disse...

Este ano está ser uma caixinha de surpresas. Parece-me a mim, dos poucos cartazes que conheço do FIBDA, que a edição de 2008 tem das melhores selecções de convidados de sempre.

Bongop disse...

O Celtic tem razão! A nivel de prestigio dos autores, está muito uniforme nos três fim de semana deste festival! E não com um, mas com vários autores importantes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...