28 fevereiro, 2011

Vêm aí Os Incontornáveis de Banda Desenhada

É já na próxima Quarta-feira, dia 2 que irá começar a sair a nova colecção semanal de bd do jornal Público intitulada de “Incontornáveis de Banda Desenhada”. São no total 12 álbuns em capa mole, na sua quase maioria com história duplas, com o preço unitário de €7,40, e que abrange variados géneros de um bom lote de autores da bd franco-belga.
São vários os motivos de interesse que incidem sobre esta colecção. A variedade das séries e personagens representados. A publicação de vinte e três histórias inéditas em Portugal. Os fechos de colecções, o início de novas séries e as continuações de séries que pareciam esquecidas no tempo.
Tomem lá nota:

Dia 2/03 - Volume 1 - ‘VALÉRIAN E LAURELINE’ de Christine e Mézières
- Nas Imediações do Grande Nada
- O AbreTempo

Dia 9/03 - Volume 2 - ‘O GATO DO RABINO’ de Joann Sfar
- O Bar-Mitzvá
- O Malka dos Leões
- O Êxodo

Dia 16/03 - Volume 3 - ‘XIII MISTERY’ de R. Meyer e X. Dorison e P. Berthet e Corbeyran
- O Mangusto
- Irina

Dia 23/03 - Volume 4 - ‘ADÈLE BLANC-SEC’ de Tardi
- O Sábio Louco
- Demónio

Dia 30/03 - Volume 5 - ‘O BUDA AZUL’ de Cosey
- Tomo 1
- Tomo 2

Dia 06/04 - Volume 6 - ‘I.R.$.’ de Vrancken e Desberg
- A Via Fiscal
- A Estratégia Hagen

Dia 13/04 - Volume 7 - ‘MURENA’ de Dufaux e Delaby
- O Melhor das Mães
- Os que Vão Morrer…

Dia 20/04 - Volume 8 - ‘MAX FRIDMAN’ de V. Giardino
- Rapsódia Húngara

Dia 27/04 - Volume 9 - ‘EM BUSCA DO PÁSSARO DO TEMPO’ de Le Tendre e Loisel e Lidwine e Aouamri
- O Meu Amigo Javin
- O Livro dos Deuses Antigos

Dia 04/05 - Volume 10 - ‘LARGO WINCH’ de Philippe Francq e Jean Van Hamme
- A Fortaleza de Makiling
- A Hora do Tigre

Dia 11/05 - Volume 11 -‘O VAGABUNDO DOS LIMBOS’ de Godard e Ribera
- A Fissirmá de Musky
- O Tempo dos Óraculos

Dia 18/05 - Volume 12 - ‘O ASSASSINO’ de Jacamon e Matz
- A Dívida
- Laços de Sangue

O que eu gosto nesta colecção:
Destaco a aposta em histórias inéditas e o facto da colecção ter sido aproveitada para (finalmente) concluir a série Valerian com os dois álbuns em falta, e continuar outras que entre nós tinham ficado paradas no tempo (Murena, Largo Winch, Em Busca do Pássaro do Tempo, Vagabundo dos Limbos). Sobre Largo Winch – nota: sou grande apreciador - devo acrescentar que só a sua inclusão nesta colecção já é uma excelente notícia, porque tal significa que (finalmente) deixou de pertencer ao catálogo da malfadada Gradiva, editora que tão a maltratou. O diptico agora a publicar retoma onde havia sido interrompida. Relativamente a Murena aplaudo a decisão de estar prevista igualmente a edição em capa dura (pela FNAC) porque os anteriores álbuns foram publicados neste formato. Uniformidade aprecia-se. Estou curioso relativamente a títulos como I.R.$. ou O Gato do Rabino.

O que não gosto nesta colecção:
Não sou grande apreciador destas colecções salteadas. Da sopa que é a mistura de várias colecções numa só e as consequências que daqui resultam. O melhor (ou pior) exemplo é o que se vai passar com Valerian. Uma excelente série que fica agora completa com a publicação de um álbum… duplo que reúne os tomos 19 e… 21. Faz algum sentido publicar duas histórias não seguidas num formato que não respeita em nada os anteriores álbuns da série? Coloca-se a questão: o volume 1 dos Incontornáveis arruma-se antes ou depois do álbum 20 da série Valerian? Pela colecção que é Valerian merecia um melhor final, em álbuns individuais de preferência em capa dura. Uniformidade aprecia-se. Uma palavra para o XIII Mistery. Não desgosto deste spin-off mas pergunto se não se justificava primeiro a conclusão da série original XIII?

5 comentários:

refemdabd disse...

Embora seja uma miscelânia, acho-os muito bem-vindos. Concordo contigo quando escreves, numa questão de uniformidade, gostaria muito mais de ter alguns destes livros em formato de álbum independente (Valérian; Vagabundo dos Limbos). Mas, melhor que nada, embora este meu conformismo não seja recomendado...enfim!

Os Murena, sairão dois álbuns de capa dura, ou um com as duas histórias?

Abraço.

Bongop disse...

Um com as duas estórias Refem. O miolo é o mesmo, apenas a encadernação muda nas edições FNAC.
;)

Abraço!


Tás bom ó Nuno!
LOl
Tou aresponder no teu blog...
:P

Abraço!

verbal disse...

Viva Pedro, estás melhor?
Sobre a tua questão, é como diz o Bongop um álbum único em capa dura com as duas histórias e acrescento que segundo informações da editora, a lombada deste deste álbum foi estudada de forma a respeitar o design dos álbuns anteriores. Abraço!

@Bongop, estás à vontade! ;) Abraço

PS Já marcaram para Beja?

refemdabd disse...

Muito à maneira. Obrigado, aos dois, pela informação.

Estou muito melhor, obrigado. Foi complicado.

Quanto a Beja: qual é o fim-de-semana? Que hotel ou residêncial é que recomendam?

Abraço.

verbal disse...

Olá Pedro, o FIBDB decorre entre 28 de Maio e 12 de Junho, mas é no 1º fds que tudo acontece (leia-se presença dos autores). Eu marquei para esse fds na Residencial Bejense ;)
Abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...