30 agosto, 2019

E Setembro traz-nos um livro a cada dois dias


O mês de Setembro que se avizinha promete muitas e boas novidades bedéfilas por cá. Haja carteira! A rentrée que fica marcada com a realização de mais uma edição da Comic Con Portugal, evento que é aproveitado pelas nossas editoras para o lançamento de um número significativo de edições que promete leituras praticamente para o mês todo.

A primeira das boas novidades é o segundo volume integral de COMANCHE da editora Ala dos Livros. E se a qualidade de edição do primeiro volume impressionou, este vai certamente pelo mesmo caminho. Ainda sem data fixada de lançamento.

Com chegada às livrarias a 10 de Setembro, teremos o novo álbum SENTINEL de Luís Louro (edição ASA) que à semelhança da anterior aventura («Watchers») também se apresenta em duas edições. A característica da narrativa agora inverte-se. Ambos os álbuns terão um inicio de história diferente mas com um fim igual. Mantêm-se a originalidade. Recordo que o Luís Louro é um dos convidados da Comic Con.


Aproveitando a presença de um tal Ed Brubaker na Comic Con, a G.Floy prepara o lançamento de OS MEUS HERÓIS SEMPRE FORAM DROGADOS, do universo «Criminal» e que conta com a arte de Sean Philips. Seguem-se mais três novidades a apostar na continuidade. O terror com o sexto volume de HARROW COUNTY, mais um ponto a marcar o "ano Lemire" com o quarto volume de DESCENDER e o livro três de ASTONISHING X-MEN. Doses de policial noir, terror, ficção-cientifica e super-heróis servidas em partes iguais!



Entretanto a Levoir anunciou o lançamento de mais um volume do seu selo «Black Label». BATMAN MALDITO de Brian Azzarello e Lee Bermejo vai reunir os três livros da edição americana. Ainda não se sabe se teremos a versão livre ou censurada. A data de distribuição em bancas e livrarias está prevista para a segunda quinzena de Setembro. Não esquecer que da mesma editora somam-se ainda mais quatro novelas gráficas que fecham a colecção deste ano. As capas que apresento de «Batman» e de «O Número: 73304-23-4153-6-96-8» são provisórias.

A Saída de Emergência prepara o segundo volume da bizarra road trip pela América de Neil Gayman, na adaptação para banda desenhada do seu romance DEUSES AMERICANOS. Disponível nas livrarias a partir do dia 6.




Um ano depois de eu ter adquirido o primeiro volume de LAZARUS justamente na Comic Con, a Devir inclui o lançamento do segundo volume como uma das novidades do mês. Bem bom! E claro a acompanhar temos mangá. É mais um livro da série NARUTO. Diga 33!


E outra bela novidade é o surgimento de um novo selo editorial. Nasceu primeiro como loja de banda desenhada e agora avança para editora. A Legendary Books anunciou o seu primeiro livro, LEGENDARY HORROR STORIES, uma colectânea de curtas que conta com a participação das duplas André Oliveira e Pedro Cruz, Aragundes Bicho e Anouk Aukine, Nuno Duarte e Rita Alfaiate, Tiago Cruz e Inês Garcia. A capa tem a assinatura do grande Jorge Coelho. O lançamento desta assustadora edição está prevista para o dia 11 no festival de cinema de terror MotelX, em Lisboa.

The last but not the least, a JBC anunciou que vai imprimir um livro! Piada à parte, a editora prepara a edição fisica do terceiro volume de ATAQUE DOS TITÃS, o que é o pequeno desvio aquela que é a nova politica em Portugal desta editora: a aposta no digital. Para uma editora que vinha abanar o mercado da edição de mangá em Portugal... blá... blá... blá... percebemos que o projecto editorial falhou. Restam agora ficheiros. E de vez em quando é possível que saia um livro da gráfica!


Está feito um apanhado das novidades de Setembro. É possivel que saiam outros livros que aqui não dei conta. Para já são mais de 15 lançamentos, o que dá uma bela média de um novo livro a cada dois dias do mês. Claro que todos estes lançamentos, a seu tempo, terão direito a uma nota de lançamento individual aqui no blogue. Até lá boa rentrée bedéfila!

5 comentários:

Anónimo disse...

Talvez devêssemos ler a entrevista que o Junior Moreno deu ao Otaku para não dizermos disparates sobre a JBC...

Anónimo disse...

E há mais um da Gradiva da série dos Mitos.
Quanto ao JBC, o que o outro senhor anónimo poderia ter dito é que a editora afirma que foi altamente afetada pela crise do setor livreiro e de distribuição no Brasil, mas que se está a recompor, que teve boas vendas em Portugal e tem no seu plano continuar as séries que começou, incluindo o Akira, claro.
Não vale a pena partir para alguma agressividade ('blá blá', ou 'dizer disparates'), antes partilhar informação, acho eu.

FB

Nuno Neves disse...

Relativamente aos "disparates" digo que o meu comentário foi feito com base no que a editora divulgou através do seu canal oficial (site). Neste, a editora na apresentação que faz do mangá digital apresenta um comparativo de custos de produção entre um livro físico e um livro digital. Obviamente que induz o leitor numa determinada conclusão. Já para não referir que ficou mais de seis meses sem dar qualquer noticia. Agora não tenho de saber quais os canais alternativos que a editora usa para complementar a sua informação, mas tenho a certeza de uma coisa, a sua comunicação oficial é péssima. Dizem agora que “tem no seu plano continuar as séries que começou”... bem, espero que sim, era bom sinal, mas veremos!

Relativamente ao blá, blá, blá, que possa ter causado algum incómodo, tenho a dizer que a própria editora quando chegou parecia ter o “rei na barriga” e que ia semear árvores em terreno deserto. Cobro-lhe a falta de humildade em reconhecer o excelente trabalho na edição do mangá que tinha vindo a ser desenvolvido por cá pela Devir.

Ricardo Amaro disse...

Sendo isto um blog... Bla bla bla é uma opção como outra qualquer... Tão legitimo como dizer que a JBC é uma merda. Ou dizer que é a melhor editora de sempre. Façam um blog e já podem passar paninhos quentes pela JBC.

Marcos disse...

A JBC começou realmente bem "Ghot in the shell", "Akira", "Attack dos Titãs" e o "Cão que guarda as estrelas". Muito bom catálogo para começar. A meu ver a parte má é mesmo o digital porque receio que possam "queimar" alguma versão física para o nosso mercado de algum mangá desse catálogo. Gostaria que a Devir lançasse em Portugal o mangá "Tekkonkinkreet" como fez no Brasil. É uma colecção muito boa da Devir.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...